27.3 C
Imperatriz
domingo, maio 26, 2024
spot_img
InícioSaúdeHospital Allume faz o primeiro transplante de córnea da história de Imperatriz

Hospital Allume faz o primeiro transplante de córnea da história de Imperatriz

O primeiro transplante de córnea da história de Imperatriz foi feito pelo Hospital Oftalmológico Allume. O paciente é um jovem de 25 anos, da cidade de Parauapebas, no Pará. O transplante foi de urgência devido a uma infecção na córnea com descemetocele, que é um tipo de lesão no local. 

A cirurgia foi realizada pela Dra. Natalia Giacomin, da equipe do Dr. Paulo Giacomin e da Dra. Andressa Magalhães. A doação de córnea é feita por meio de um doador após o falecimento. O doador da córnea, neste caso, foi uma pessoa falecida de São Luís. A partir do próximo mês, o procedimento começa a ser feito pelo SUS em Imperatriz. O instituto de oftalmologia fica localizado na rua João Lisboa, número 1070, no Centro de Imperatriz. 

Autorização para o transplante de córnea

A autorização para que o hospital pudesse fazer o transplante de córnea foi concedida no mês de março. A habilitação para o procedimento foi feita através do Sistema Nacional de Transplantes (SNT) e agora o hospital passa a fazer esse tipo de procedimento cirúrgico.  O Hospital Allume foi o primeiro de Imperatriz a conseguir a autorização para realizar o transplante de tecido ocular humano.

A autorização foi destinada à equipe especializada da Dra. Andressa Miranda Magalhães do e a portaria foi publicada no Diário Oficial da União no dia 22 de março de 2024, pela Secretaria de Atenção Especializada à Saúde (SAES) do Ministério da Saúde.

O que é o transplante de córnea?

O transplante de córnea, também conhecido como transplante de córnea ou ceratoplastia, é um procedimento cirúrgico no qual uma parte ou a totalidade da córnea danificada de um paciente é substituída por tecido corneano saudável de um doador falecido. A córnea é a camada transparente e protetora localizada na parte anterior do olho, e é essencial para uma visão clara.

Existem várias razões pelas quais alguém pode precisar de um transplante de córnea, incluindo:

Ceratocone: uma condição na qual a córnea fica fina e com um formato diferente, resultando em visão embaçada.

Lesões:  danos causados por acidentes ou ferimentos que afetam a córnea.

Infecções graves: algumas infecções oculares podem danificar irreversivelmente a córnea.

Distrofias corneanas: doenças hereditárias que afetam a saúde da córnea, como distrofia de Fuchs.

Vanessa Carvalho
Vanessa Carvalho
Acadêmica de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de Jornalismo do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp