26 C
Imperatriz
terça-feira, maio 14, 2024
spot_img
InícioCidadeVan que transportava família para enterro atola em rua cheia de lama...

Van que transportava família para enterro atola em rua cheia de lama em Imperatriz

Uma van que transportava uma família para o enterro de um familiar acabou ficando presa em um atoleiro, na tarde de hoje (21), na Rua Belo Horizonte, no bairro Santa Luzia em Imperatriz. 

Segundo os moradores, a rua está em situação crítica devido à falta de infraestrutura, eles relataram que o veículo ficou bastante tempo atolado, mas foi retirado com ajuda dos moradores.

A família relatou ainda, que ontem (20), o IML teve dificuldade em buscar o corpo por causa das más condições das vias. De acordo com eles, o corpo do familiar deles teve que ser levado em um saco preto a pé pois o carro não conseguiu entrar no bairro. O Imperatriz Online encaminhou o caso para o  município e aguarda resposta. 

Outros problemas de infraestrutura em Imperatriz:

No final da tarde de ontem (20)  um veículo ficou atolado em um buraco cheio de lama, neste sábado (20), em Imperatriz. Desta vez, um caminhão atolou na Avenida Caiçara, próximo à Avenida Pedro Neiva de Santana. Segundo moradores, o trecho enfrenta sérios problemas de infraestrutura e já deixou vários motoristas no prejuízo.

A avendia foi interditada nessa quarta-feira (17) em cobrança por melhorias, mas a comunidade disse que município retirou o bloqueio e não resolveu o problema. O caso foi encaminhado, mais uma vez, para a prefeitura.

Os moradores e condutores que passam pela Avenida das Contestações, no bairro Cinco Estrelas, em Imperatriz, denunciam a situação crítica da via, que está tomada por lama e buracos em vários trechos. 

Os motoristas precisam dirigir em zig zag para poder desviar das grandes poças de lama. Eles cobram a recuperação da avenida, pois os problemas de infraestrutura acabam aumentando os riscos de acidentes. 

O Imperatriz Online encaminhou a situação para o município que respondeu por meio de nota: 

“Em nota, Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sinfra) informa que equipes já estão em atividade na Avenida das Constelações, Cinco Estrelas. Conforme itinerário de hoje, os trabalhos estão concentrados entre as ruas Antares e Araguaia.”

Durante esta semana, moradores de alguns bairros da cidade, revoltados com a falta de infraestrutura da Imperatriz, decidiram interditar as ruas como forma de protesto a situação crítica em que eles se encontram.   

Moradores interditaram pela terceira vez em um prazo de 20 dias, a Avenida Industrial, no Grande Santa Rita, em Imperatriz. Segundo eles, o protesto é uma forma de chamar a atenção do município para a buraqueira. A comunidade disse que a prefeitura retirou as outras interdições, mas não resolveu o problema.

Os buracos cheios de lama têm atrapalhado a vida da vizinhança e o comércio na região. “Nos pontos de comércio, os donos colocam as mesas nas calçadas, mas os carros passam e jogam lama nos clientes”, disse um morador. Ele cobra melhorias na infraestrutura. “Eu gostaria que o município fizesse uma obra de qualidade para diminuir os buracos. Isso ajudaria o trânsito”, disse ele.

A avenida passou por obras da operação tapa-buracos no início deste ano, mas já tem buracos profundos.

A comunidade também interditou outras ruas e avenidas da cidade nos últimos dias por causa da falta de infraestrutura. Na manhã de hoje, moradores usaram pneus e móveis velhos para fechar um trecho da rua Marechal Hermes da Fonseca, no bairro Vila Redenção I, para chamar a atenção do poder público. Segundo eles, a via está cheia de buracos e lama, o que deixa o tráfego pelo local complicado.

Outro trecho foi da rua Raimundo de Moraes, no bairro Santa Rita. Moradores disseram que acionaram o município várias vezes, mas os problemas nesse e em outros pontos do bairro continuam sem solução.

Uma outra situação que aconteceu foi no Povoado Lagoa Verde, na Zona Rural de Imperatriz, em que os moradores tiraram dinheiro do próprio bolso para os buracos profundos da rua da Igreja. 

De acordo com os relatos dos moradores, eles tomaram essa iniciativa por que a situação da via na região já estava crítica. Carros, por exemplo, não passavam mais na rua. 

O Imperatriz Online encaminhou o caso para a Secretaria de Infraestrutura da cidade, mas nenhuma resposta foi dada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp