27 C
Imperatriz
segunda-feira, maio 27, 2024
spot_img
InícioEstadoMãe e filho morrem eletrocutados no Maranhão

Mãe e filho morrem eletrocutados no Maranhão

Uma mulher, identificada como Diana Michelle Machado Santos da Silva, de 30 anos, e seu filho Pietro Vinícius Santos de Oliveira, de 6 anos, morreram eletrocutados, neste sábado (20), no município de Timon, distante 450 km de São Luís.

De acordo com a Polícia Militar, o menino encostou em uma grade de ferro eletrificada por um fio desencapado de uma extensão usada na máquina de lavar. Diana Michelle tentou salvar o filho, mas também foi eletrocutada e morreu junto a criança.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado por vizinhos, mas quando chegou ao local os corpos já tinham sido removidos pelo Instituto Médico Legal (IML). Uma equipe Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim) esteve na casa das vítimas para apurar a dinâmica das mortes.

Até março de 2024, o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão atendeu 10 ocorrências com vítimas de choque elétrico em todo o estado, sendo contabilizado sete vítimas por descarga elétrica.

De acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade – ABRACOPEL, em 2023 foram registrados 992 acidentes e 399 mortes por eletricidade (choques, raios e incêndios) no Brasil. Os números foram maiores que os registrados em 2022, quando o país registrou 949 acidentes e 384 mortes.

Em caso de ocorrência de choque elétrico, é essencial agir rapidamente para garantir a segurança da pessoa afetada. Aqui estão algumas medidas que devem ser tomadas:

  1. Desligue a fonte de energia: Se possível, desligue imediatamente a fonte de eletricidade para interromper o fluxo de corrente elétrica. Isso pode ser feito desligando o disjuntor ou retirando o plugue da tomada, se for seguro fazê-lo. Nunca toque na pessoa afetada enquanto ela estiver em contato com a fonte de eletricidade, pois isso pode resultar em choque elétrico para você também.
  2. Verifique a segurança da área: Antes de tentar ajudar a pessoa afetada, verifique se não há mais perigo de choque elétrico. Se a fonte de eletricidade não puder ser desligada, use um objeto não condutor, como madeira ou plástico, para separar a pessoa da fonte de energia.
  3. Chame ajuda médica: Em casos de choque elétrico, é importante chamar imediatamente uma ambulância ou serviço de emergência médica. Mesmo que a pessoa pareça estar bem, é fundamental que ela seja avaliada por profissionais de saúde para garantir que não haja lesões internas ou complicações.
  4. Avalie a respiração e a circulação da vítima: Verifique se a pessoa está respirando e tem pulso. Se necessário, inicie a RCP (ressuscitação cardiopulmonar) imediatamente.
  5. Mantenha a pessoa aquecida e confortável: Após o choque elétrico, a pessoa pode entrar em estado de choque. Mantenha-a aquecida e confortável enquanto aguarda a chegada da ajuda médica.
  6. Não toque na pessoa afetada diretamente: Evite tocar na pessoa afetada diretamente enquanto ela ainda estiver em contato com a fonte de eletricidade, a menos que seja absolutamente necessário para salvar a vida dela. Use um objeto não condutor para movê-la, se possível.
  7. Não ofereça líquidos ou alimentos: Evite dar líquidos ou alimentos à pessoa afetada, especialmente se ela estiver inconsciente. Isso pode aumentar o risco de aspiração e complicações respiratórias.
  8. Fique calmo e tranquilize a vítima: Mantenha a calma e tranquilize a pessoa afetada, explicando que você está lá para ajudá-la e que a ajuda médica está a caminho.
Valéria Cristina
Valéria Cristina
Jornalista - Graduada no curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de Jornalismo do Imperatriz Online e Mais Maranhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp