23.1 C
Imperatriz
sexta-feira, março 5, 2021
Início Estado Criminosos usam perfil falso de secretário de saúde para aplicar golpes

Criminosos usam perfil falso de secretário de saúde para aplicar golpes

A vacina contra a Covid-19 mal chegou ao Maranhão e o Governo do Estado já identificou criminosos que tentam aplicar golpes por meio do whatsapp negociando doses de vacinas. Os alvos são, principalmente, os secretários e gestores de saúde dos municípios do Maranhão, uma vez que os estelionatários utilizam a foto e os dados do secretário estadual de saúde, Carlos Lula.

O Imperatriz Online teve acesso aos prints das conversas entre os golpistas e algumas vítimas. Em uma das conversas, O perfil falso aborda um secretário de saúde perguntando sobre o andamento da vacinação na cidade.

Golpista: “Boa noite, querido! Como ‘estar’ sendo a primeira etapa das ‘distribuição’ das vacinas no município?”

A conversa ocorreu às 22h04. Na manhã seguinte, às 09h15 é feita uma nova abordagem. Desta vez, o estelionatário começa o processo de negociação.

Golpista: “Estamos com 100 doses ‘disponível’ para o município, queria combinar com você para fazermos o envio para o município ainda hoje”.

O secretário de saúde responde logo depois, se colocando à disposição para ajudar na logística. Logo depois, o golpista dá direcionamentos de como o gestor deve proceder, mandando uma conta para depósito no nome de uma suposta médica que estaria responsável pela logistíca. Pelo serviço de deslocamento das doses, o golpista pede R$ 1.050.

Depois de ter conhecimento sobre o golpe utilizando seu nome pelo whatsapp, o secretário de estado da Saúde, Carlos Lula, se pronunciou nas redes sociais e fez um alerta para os demais gestores que possam ser abordados.

“Estão se passando por mim para vender vacinar contra a Covid-19. Um absurdo total. Se você identificar esse perfil usando o meu nome, pode bloquear. Eu jamais me prestaria a esse papel repugnante. Não sei o que mais me surpreende: o ato criminoso de alguém se passar por mim em uma rede social ou uma pessoa ter coragem de comercializar vacina no meio dessa pandemia”, desabafou.

A Secretaria de Estado da Saúde ressaltou que o contato para distribuição de doses aos municípios é feito por meio de ofícios e que não há nenhum tipo de cobrança pelo deslocamento ou qualquer outra logística que a distribuição da vacina possa exigir.

CONFIRA OS PRINTS DAS CONVERSAS: https://www.instagram.com/p/CKUPVFXnMAu/?utm_source=ig_web_copy_link

Ananda Portilho
Ananda Portilho
Bacharela em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão, em Imperatriz. É repórter e âncora no Imperatriz Online. Apaixonada por futebol, animais e boas histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

Ultimos Comentários

Ildeane Ramos do Nascimento on Caixa Econômica tem novo horário de atendimento
× Fale com a gente, agora!