28 C
Imperatriz
sábado, maio 18, 2024
spot_img
InícioPolíticaGrávida de três meses é assassinada pelo companheiro em Santa Luzia

Grávida de três meses é assassinada pelo companheiro em Santa Luzia

Uma jovem, grávida de três meses, foi assassinada pelo próprio companheiro, na cidade de Santa Luzia, a 312 km de São Luís. De acordo com a polícia, a vítima identificada como Nicole Souza, de 20 anos, foi encontrada em casa com sinais de estrangulamento.

Após cometer o crime, o homem foi até a casa da família de Nicole e contou uma outra história sobre como o crime aconteceu, na tentativa de enganá-los. Na residência onde a citima estava, os policiais encontraram sinais de que houve luta corporal. Ela ainda chegou a ser levada para o Hospital Municipal de Santa Luzia, mas já estava sem vida.

De acordo com depoimentos da vizinhança, durante a madrugada ouviu-se gritos e até pedidos de socorro. Nicole ainda foi levada para o Hospital Municipal de Santa Luzia, mas já chegou sem vida. Após denúncias de que ela era frequentemente agredida pelo companheiro, o homem foi preso em flagrante ainda na unidade de saúde.

O assassino foi conduzido à delegacia para autuação em flagrante. Em seguida, ele foi encaminhado a uma unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Com a morte de Nicole, já são 12 casos de feminicídio só este ano no Maranhão.

CONDENAÇÃO EM IMPERATRIZ

Imagens de Notícias de Imperatriz
Bruna foi morta a facadas em Imperatriz, em dezembro de 2022

Um homem identificado como Frankson Belfort Bezerra, acusado de matar a facadas a própria companheira, identificada como Bruna dos Santos da Conceição, de 29 anos, em Imperatriz, foi condenado a 21 anos de prisão. O crime aconteceu no dia 18 de dezembro de 2022, na casa onde eles moravam, no bairro Parque Alvorada I.

Consta nas investigações que no dia do crime, o acusado e a vítima tiveram uma discussão, então o réu pegou uma faca e desferiu vários golpes, atingindo o abdômen, braços e pernas da vítima. Após o crime, o acusado continuou em casa enquanto Bruna foi socorrida inicialmente pelos vizinhos, que acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). 

Bruna foi levada ao Hospital Municipal de Imperatriz, onde passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo no dia 21 de dezembro. Foi apurado que a vítima e o acusado mantiveram um relacionamento por 15 anos, vivendo 8 anos em união estável, eles tiveram dois filhos. Também consta nas investigações que a relação foi marcada por episódios de brigas e agressões do acusado contra a vítima

Lucas Aquino
Lucas Aquino
Acadêmico de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de jornalismo do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp