30 C
Imperatriz
quinta-feira, maio 16, 2024
spot_img
InícioPolicialPolicial militar é preso por agredir o próprio pai em Imperatriz

Policial militar é preso por agredir o próprio pai em Imperatriz

Um policial militar foi preso na noite deste sábado (06), por agredir o próprio pai, um idoso de 74 anos, no bairro Bom Sucesso, em Imperatriz. De acordo com informações da vítima à PM, além das agressões, o filho também quebrou todo o seu comércio.

A polícia ainda informou que uma guarnição fez rondas com a vítima e localizou o PM a cerca de 100 metros de distância do estabelecimento. O militar foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Imperatriz.

Além do policial, outros dois homens foram presos em menos de 10 horas por crime de violência doméstica contra os próprios pais, em Imperatriz. O primeiro aconteceu no bairro Sebastião Régis. De acordo com a polícia, a guarnição do bairro Itamar Guará foi acionada com denúncias de briga em família. No local, a vítima, uma idosa de 74 anos, afirmou que estava sendo agredida verbal e psicologicamente pelo próprio filho.

A mulher contou à policia que não queria o filho em casa por causa da confusão que ele estava causando. Como o homem se negou a sair do local, a polícia disse que precisou levá-lo à força para a calçada. Nesse momento, a polícia afirma que o homem se desequilibrou e bateu a cabeça no chão, o que provocou ferimentos. O homem foi levado para o Hospital Municipal de Imperatriz e teve que levar pontos na cabeça para evitar o sangramento.

No bairro Vila Redenção II, uma mãe também acionou a Polícia Militar para denunciar que estava sendo agredida pelo filho. A polícia não divulgou informações sobre como o crime aconteceu, mas disse que a vítima decidiu registrar boletim de ocorrência pois estava se sentindo ameaçada.

VIOLÊNCIA DOMESTICA

A violência doméstica acontece quando alguém é maltratado dentro de casa por um parceiro, membro da família ou pessoa próxima. Pode ser física, como bater, emocional, como insultar e humilhar, sexual, quando o agressor força de relações íntimas, ou financeira, quando uma pessoa tenta controla o dinheiro do outro. Embora as mulheres sejam mais frequentemente identificadas como vítimas, os homens também podem ser alvos de violência doméstica. É importante reconhecer que qualquer pessoa, independentemente do sexo ou gênero, pode ser vítima de violência doméstica e merece apoio e proteção.

Muitas vezes, as vítimas têm medo de pedir ajuda. É importante falar sobre isso para ajudar quem está sofrendo e garantir que todos vivam em segurança e respeito dentro de seu lar.

Lucas Aquino
Lucas Aquino
Acadêmico de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de jornalismo do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp