Início Saúde Pacientes de hemodiálise em ITZ denunciam redução no tratamento devido à falta...

Pacientes de hemodiálise em ITZ denunciam redução no tratamento devido à falta de repasses do município.

0
68
Pacientes de hemodiálise em ITZ denunciam redução no tratamento devido à falta de repasses do município.
Pacientes de hemodiálise em ITZ denunciam redução no tratamento devido à falta de repasses do município.

Pacientes que fazem tratamento de hemodiálise em Imperatriz estão denunciando que estão recebendo o tratamento de forma reduzida. Isso se deve ao fato de a clínica não estar recebendo os pagamentos da prefeitura desde setembro de 2023.

Além disso, os pacientes afirmam que a administração da clínica entrou em contato com eles ontem (25) e informou que os tratamentos, que costumavam durar quatro horas, três vezes por semana, agora serão reduzidos para apenas três horas, duas vezes por semana, devido ao atraso dos pagamentos.

Além do atraso no pagamento da clínica, outro problema frequente relatado pelos pacientes é a falta de transporte para que possam se deslocar até o local.

A frequência com que esses problemas de transporte ocorrem tem sido uma fonte de preocupação constante. 

O Imperatriz Online encaminhou o caso dos pagamentos atrasados para o município e aguarda resposta.

Tratamento de hemodiálise

A hemodiálise é um procedimento médico vital para pessoas que sofrem de doença renal crônica avançada, onde os rins não conseguem mais filtrar adequadamente os resíduos e o excesso de fluidos do sangue. Esse tratamento é essencial para melhorar a qualidade de vida e manter a saúde de pacientes cujos rins estão comprometidos.

O processo de hemodiálise envolve a remoção do sangue do corpo do paciente, que é então conduzido através de um filtro especial chamado dializador ou membrana semipermeável. Este filtro atua como um substituto funcional dos rins, removendo as toxinas, o excesso de sal e a água acumulada no corpo. O sangue purificado é então devolvido ao corpo do paciente.

O tratamento de hemodiálise é geralmente realizado em uma clínica especializada, conhecida como centro de diálise, e ocorre regularmente, muitas vezes três vezes por semana, dependendo das necessidades individuais do paciente. Cada sessão de hemodiálise pode durar várias horas, durante as quais o paciente pode descansar, ler, assistir televisão ou até mesmo trabalhar remotamente, dependendo da configuração do centro de diálise.

Além disso, os pacientes em hemodiálise precisam adotar uma dieta restrita, controlando a ingestão de líquidos, proteínas, sódio e fósforo. A colaboração ativa dos pacientes em relação à sua dieta e à medicação prescrita é fundamental para otimizar os resultados do tratamento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

× WhatsApp