30 C
Imperatriz
domingo, fevereiro 25, 2024
spot_img
InícioPolíticaPela quarta vez, votação de orçamento de mais de R$1 bilhão para...

Pela quarta vez, votação de orçamento de mais de R$1 bilhão para 2024 é cancelada na Câmara 

Pela quarta vez, a Câmara Municipal de Imperatriz não realizou a votação do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2024. Para este ano, foi solicitado pela prefeitura um orçamento no valor de R$ 1.146.075.000 ( um bilhão cento e quarenta e seis milhões e setenta e cinco mil reais).

 A votação havia sido marcada novamente para hoje (10), mas não aconteceu, devido falta de quórum. A votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias deveria ter sido realizada ano passado, no entanto, foi cancelada por três vezes.

 Um dos motivos para parte dos vereadores se recusaram a participar da votação, é devido o município, segundo eles, não ter prestado contas sobre os gastos de 2023. Dessa forma, caso o orçamento não seja aprovado, será mantido o valor de 2023, de R$ 1.096.500.000,00.

Empréstimo de R$60 milhões

Em uma sessão realizada no mês de dezembro, estava previsto para votação na Câmara Municipal, uma solicitação de empréstimo de R$60 milhões da prefeitura de Imperatriz, que foi enviado para aprovação no plenário. Vereadores de oposição protestaram contra a autorização do empréstimo e a pauta foi retirada da sessão momentaneamente.

De acordo com o pedido, o dinheiro seria usado com a finalidade inicial de comprar um sistema de energia solar para os prédios públicos da cidade, mas com liberdade para o prefeito usar parte do empréstimo para outras finalidades de administração. O valor seria administrado pelo novo secretário Ítalos Ramos, da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sinfra), que foi anunciado no dia 18 do dezembro.

O Ministério Público já havia notificado os vereadores sobre o empréstimo, informando que o município não cumpre com os requisitos para adquirir o valor. Apesar da pauta retirada no mês passado, o projeto continua tramitando na Câmara Municipal de Imperatriz.

Ainda durante a mesma sessão , também foi colocado em pauta, pela segunda vez na época, a votação para a Lei de Diretrizes Orçamentárias. No entanto, não houve votação porque os vereadores já haviam discutido anteriormente e negado, mais uma vez, o pedido de empréstimo de R$ 60 milhões feito pela prefeitura. Isso deixou os ânimos alterados, e os vereadores de oposição preferiram se retirar do plenário para evitar a votação da Lei Orçamentária.

Vanessa Carvalho
Vanessa Carvalho
Acadêmica de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de Jornalismo do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp