Início Educação Cansados de esperar, moradores terminam de demolir escola em forma de protesto...

Cansados de esperar, moradores terminam de demolir escola em forma de protesto em Davinópolis

0
65
Cansados de esperar, moradores terminam de demolir escola em forma de protesto em Davinópolis
Cansados de esperar, moradores terminam de demolir escola em forma de protesto em Davinópolis

Revoltados com a demora na reforma de uma escola, os moradores do povoado Água Viva, em Davinópolis, tomaram uma atitude drástica na noite de ontem (24), demolindo os restos do prédio escolar como forma de protesto, exigindo a construção de um novo edifício. Segundo os moradores, eles estão há mais de 30 anos aguardando a tão necessária reforma.

Na última sexta-feira (23), a prefeitura enviou uma equipe à escola que, ao invés de realizar melhorias, optou por demolir a cantina e os banheiros, deixando apenas as salas de aula em um estado deplorável. Isso levou a comunidade a agir, derrubando as salas de aula restantes, que já estavam em pedaços, como um clamor por uma reforma completa.

Situação da escola após a demolição

Os moradores, situados na zona rural de Davinópolis, expressaram sua frustração pela falta de resposta às suas constantes demandas por uma reforma na escola. O ato de demolir as salas de aula, que já apresentavam condições precárias, representa o ápice da insatisfação.

Na última sexta-feira, como mencionado anteriormente, a prefeitura realizou a demolição da cantina e dos banheiros, deixando as salas de aula em estado de decadência. Esta ação ocorreu às vésperas do início das aulas, programadas para esta segunda-feira (26), criando um ambiente de ensino sem segurança para os alunos.

Em resposta ao protesto dos moradores, a prefeitura afirmou que a reforma já estava em fase de finalização, embora, de acordo com a comunidade, nem mesmo tenha sido iniciada. A situação coloca em destaque a falta de comunicação entre o poder público e a população, agravando a indignação dos moradores de Água Viva.

Nós entramos em contato com a prefeitura de Davinópolis, e agurdmosuma resposta sobre a situação.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

× WhatsApp