28 C
Imperatriz
sábado, fevereiro 24, 2024
spot_img
InícioCulturaPrefeitura de Imperatriz nega autorização para realização de evento de pagode, promovido...

Prefeitura de Imperatriz nega autorização para realização de evento de pagode, promovido pelo Estado, na Praça da Cultura

A prefeitura de Imperatriz negou a autorização para realização de um evento de pagode que estava programado para acontecer na Praça da Cultura, no Centro, na noite desta quarta-feira (27). A festa é promovida com recursos da Secretaria Estadual de Cultura e precisou ser transferia de última hora para outro ponto da cidade.

A organização do evento anunciou que o Bar 850, localizado na Avenida Pedro Neiva de Santana, cedeu espaço para a realização da festa com entrada gratuita. Além disso, o público terá acesso liberado a 400 litros de chopp. Os vendedores informais também poderão vender bebidas e outros produtos no local.

Em nota, o município afirmou que a organização do evento solicitou autorização para uso da praça apenas na manhã de hoje e que, horas depois, a estrutura já estava sendo montada. Além disso, a prefeitura alega que a praça havia recebido decoração natalina recentemente e está destinada à visitação de famílias. Leia a nota, abaixo, na íntegra.

“A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria de Planejamento Urbano (Seplu), vem por meio desta, informar os motivos que levam o município em não conceder a realização de um evento musical de pagode na Praça da Cultura nesta quarta-feira (27).

1 – A referida Praça acabou de passar por revitalização com iluminação de natal e paisagismo para o período natalino, tendo nos últimos dias se transformado em espaço para visitação de famílias com centenas de pessoas, em sua maioria crianças, não comportando, portanto, no momento esse tipo de evento.

2 – Em relação ao pedido de licença, mesmo que tivesse que autorizar, a Seplu informa que não recebeu este em tempo hábil para deliberação. Somente na manhã desta quarta-feira (27), a organização do evento compareceu à Secretaria para apresentar um ofício, apenas informando sobre a realização do mesmo, que horas depois começou a ter estrutura montada, sem autorização do órgão competente.

A Prefeitura não é contra realização de atividades culturais em espaços públicos. No entanto, é necessário que a solicitação para montagem de estrutura e ocupação do espaço siga os trâmites legais e que este esteja propício para o tipo de evento solicitado.”

Lucas Aquino
Lucas Aquino
Acadêmico de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de jornalismo do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp