33 C
Imperatriz
terça-feira, maio 21, 2024
spot_img
InícioPolicialPolícia investiga ex-procurador da UEMA por vender vagas do curso de medicina

Polícia investiga ex-procurador da UEMA por vender vagas do curso de medicina

Uma operação da Polícia Civil resultou na apreensão do celular de José Ricardo Costa Macedo, ex-procurador chefe da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) em Caxias. O advogado é acusado de fraude na entrada de alunos para o curso de medicina.

Conforme as investigações conduzidas pela Superintendência de Prevenção e de Combate à Corrupção (SECCOR), José Ricardo, que atuou como procurador da UEMA entre 2018 e 2020, teria comercializado vagas do curso de medicina para quatro alunas de uma Faculdade de Medicina do Paraguai. Os valores, segundo fontes, variariam entre 10 a 15 mil reais por vaga.

Em um dos casos, uma aluna teria sido matriculada no curso sem apresentar qualquer documentação – uma inscrição realizada somente a partir de uma ordem direta do ex-procurador. Em outros episódios, José Ricardo é acusado de utilizar decisões judiciais forjadas para assegurar a matrícula das estudantes.

As ações da polícia concentraram-se em residências associadas ao acusado. Ele foi localizado em São José de Ribamar. No entanto, ao ser abordado, José Ricardo teria se mostrado pouco colaborativo com os agentes. De acordo com a polícia  o ex-procurador recusou-se a fornecer a senha do celular, que agora será submetido a perícias.

Vanessa Carvalho
Vanessa Carvalho
Acadêmica de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de Jornalismo do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp