Início Cidade Após manifestações, prefeitura diz que fez repasses para a Apae e anuncia...

Após manifestações, prefeitura diz que fez repasses para a Apae e anuncia fim de parte do contrato

0
108
Após manifestações, prefeitura diz que fez repasses para a Apae e anuncia fim de parte do contrato com a instituição

Após várias denúncias e manifestações de pais de pacientes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Imperatriz, relatando atrasos nos pagamentos de servidores e até corte de energia na instituição devido à falta de repasses do município, a prefeitura de Imperatriz divulgou uma nota sobre a situação nesta sexta-feira (09), por meio das redes sociais, informando que fez os repassses e anunciou o fim de parte do contrato com a instituição.

Ainda na nota da prefeitura, foi informado que os serviços serão ofertados no Centro Especializado de Reabilitação (CER Tipo II), na Unidade do Centro de Saúde do bairro Vila Nova, mas a prefeitura não explicou quais serão esses serviços. O município também afirmou que a decisão levou em consideração a economia de gastos e a incapacidade de atendimento em algumas áreas da Apae. 

Imagens de Notícias de Imperatriz
Comunicado da prefeitura divulgado nesta sexta-feira (09), nas redes sociais

Em relação às prestações de contas, o município divulgou uma tabela com os valores dos repasses, que de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), no ano de 2023 até janeiro de 2024 foram repassados à Apae quase R$2 milhões de reais. Veja a tabela divulgada nas redes sociais hoje:

Imagens de Notícias de Imperatriz
Tabela dos repasses feitos à Apae divulgado pela prefeitura nesta sexta-feira (09), nas redes sociais

Apesar dos números e da prestação de contas, funcionários e a diretoria da instituição afirmam que valores referentes a alguns meses não correspondem com o que foi repassado pelo Governo Federal. 

Manifestações

Na manhã de quinta-feira (08), funcionários e familiares de alunos da Apae fizeram uma manifestação  em frente a Secretaria de Saúde, reivindicando os repasses, que não estão sendo feitos pelo o município, segundo eles. De acordo com os servidores, eles estão há mais de dois meses sem receber os salários e além disso, há mais de uma semana o prédio da Apae está com a energia cortada.

Além disso, na manhã de quarta-feira (07), os pais dos alunos da Apae também manifestaram juntamente com os familiares de pacientes que fazem tratamento de hemodiálise em Imperatriz,  em frente a Câmara Municipal, em protesto pela falta de repasses do município. Já os pacientes de hemodiálise temem a paralisação das clínicas, que estão sem receber repasses do município há quatro meses. 

Também houveram manifestações na instituição na segunda-feira (05), que cobraram um posicionamento do poder público sobre a falta de energia no local, que foi cortada por falta de pagamento, e atraso dos salários dos profissionais.

Denúncias

As denúncias se tornaram frequentes, desde o ano passado. Em julho, a instituição também teve a energia cortada por falta de pagamento da conta de luz. Na época, o Imperatriz Online encaminhou um pedido de nota para a prefeitura de Imperatriz sobre as denúncias que responderam que a Secretaria de Saúde realizou um pagamento para a APAE no dia 13 de junho, no valor de 140 mil. No mês de dezembro, os servidores paralisaram seus serviço

Associação de Pais e Amigos Excepcionais (APAE) Imperatriz

A Apae de Imperatriz, que fica localizada no bairro Vila Lobão, além de atender pacientes de Imperatriz, também faz atendimentos de pessoas que são dos municípios vizinhos. A instituição promove atenção integral a pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Os serviços de atendimentos prestados são o ensino escolar, atendimentos com fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos, entre outros. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

× WhatsApp