Início Policial Mãe e filha morrem após serem atropeladas por motorista bêbado, em Pedreiras

Mãe e filha morrem após serem atropeladas por motorista bêbado, em Pedreiras

0
98
Mãe e filha morrem após serem atropeladas por motorista bêbado, em Pedreiras

Na noite do último domingo (06), Simone de Sousa Farias e sua filha, Mayara Farias dos Santos, morreram quando um carro descontrolado as atingiu enquanto estavam em uma motocicleta estacionada na Avenida Abílio Monteiro, no centro do município, distante a 300 km de São Luís. 

De acordo com os relatos de testemunhas, mãe e filha estavam na moto, estacionadas em frente a um estabelecimento, quando foram surpreendidas pelo veículo em alta velocidade. O motorista, segundo informações da polícia, aparentava sinais de embriaguez.

O condutor, após o incidente, tentou evadir-se do local, mas foi impedido por populares até a chegada das forças de segurança.

EMBRIAGUEZ NO VOLANTE: 

No mundo todo, dirigir sob a influência de álcool é considerado um crime grave, e no Brasil não é diferente. Este ato irresponsável e ilegal não apenas põe em risco a vida do motorista, mas também a vida de outros usuários da estrada, incluindo pedestres.

De acordo com dados do Departamento de Trânsito (Detran), a condução sob influência de álcool é uma das principais causas de acidentes de trânsito fatais no Brasil. A legislação brasileira é rigorosa em relação a isso. A Lei Seca, sancionada em 2008, determina que qualquer quantidade de álcool detectada no organismo de um condutor é suficiente para configurar uma infração de trânsito.

O motorista que for flagrado dirigindo embriagado recebe uma multa, tem a carteira de habilitação suspensa por 12 meses e o veículo apreendido. Se o teor alcoólico for superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido, o condutor é encaminhado à delegacia, onde será autuado em flagrante por crime de trânsito. A pena varia de seis meses a três anos de detenção.

Essas medidas, no entanto, não têm sido suficientes para desencorajar o comportamento irresponsável de alguns motoristas. Campanhas educativas e de conscientização são frequentemente realizadas para alertar sobre os riscos e as consequências legais de dirigir embriagado.

Lamentavelmente, muitas vidas ainda são perdidas todos os anos devido a este crime evitável. Acidentes causados por motoristas embriagados deixam um rastro de dor e sofrimento para as vítimas e suas famílias.

No fim das contas, é importante lembrar que a responsabilidade pela segurança no trânsito é de todos nós. Precisamos escolher não beber se formos dirigir, usar táxis ou serviços de compartilhamento de caronas se tivermos consumido álcool e encorajar os outros a fazerem o mesmo. Juntos, podemos fazer a diferença e salvar vidas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

× WhatsApp