24.9 C
Imperatriz
domingo, abril 14, 2024
spot_img
InícioOutras NotíciasSindicato cobra pagamento de gratificação para PMs que vão trabalhar no Lava...

Sindicato cobra pagamento de gratificação para PMs que vão trabalhar no Lava Pratos

A Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Imperatriz e Açailândia (ARCSPMIA) denunciou na tarde deste sábado (24), que Policiais Militares que deveriam estar de folga irão trabalhar no Lava Pratos, em Imperatriz, sem receber o pagamento da Jornada Operacional (JOE), que é uma gratificação complementar paga em operações especiais.

O evento ocorre neste sábado (24) e domingo (25) e diversos policiais foram chamados para a intensificação da segurança. A denúncia foi realizada pelo presidente da ARCSPMIA, Sargento Adriano, nas redes sociais da associação.

Este é o primeiro Lava Pratos da cidade. A programação inclui estrelas da música, como Claudia Leitte, Márcia Fellipe e Matheus e Kauan. Além dos 14 artistas locais, entre eles, Jotavê, Fabrícia, Erick Andrade e Forró de Elite.

Durante os dois dias de festa, aproximadamente 150 policiais militares estarão posicionados estrategicamente ao longo do circuito. O policiamento inclui patrulhamento a pé, torres de observação fixas, viaturas, motocicletas e até mesmo cavalos.

Outras denúncias

No início desta semana, a Associação de Cabos e Soldados também denunciou a suspensão de uma ajuda de custo para a alimentação, que antes era fornecida para os policiais militares, bombeiros e aos oficiais do CTA. A suspensão foi realizada pelo Governo do Estado no último dia 17. Agora, os militares contam apenas com um vale-alimentação no valor irrisório de R$ 400.

Juliana Santana
Juliana Santana
Comunicóloga e Jornalista pela Universidade Federal do Maranhão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp