Início Assinante Após pedido de ajuda, mulher faz cirurgia para tratar câncer de mama

Após pedido de ajuda, mulher faz cirurgia para tratar câncer de mama

0
127
Rafaela foi diagnosticada com câncer de mama em julho de 2022

Você se lembra do caso da imperatrizense Rafaela Silvina Barros Martins, de 37 anos? Ela precisava arrecadar R$ 15 mil para realizar uma cirurgia para a retirada de um câncer de mama. Após um pedido de ajuda publicado no Imperatriz Online, ela conseguiu a quantia necessária e passou pela cirurgia.

A paciente já recebeu alta do hospital e passa bem. O diagnóstico médico ocorreu em julho de 2022. Em meio à dificuldade na luta contra o câncer, Rafaela teve mais uma vitória. “O dia do meu renascimento, dia em que Jesus em sua infinita bondade escolheu e me permitiu fazer a minha cirurgia.”, disse ela, em depoimento nas redes sociais.

Rafaela agradeceu a ajuda de amigos, familiares e de outras pessoas que também a apoiaram. “Eu não tenho palavras para expressar a minha gratidão a todos, são muitas pessoas para agradecer, sintam todo o meu amor por cada um e obrigada de coração”, afirmou.

Imagens de Notícias de Imperatriz
Rafaela recebeu alta é já está em casa

O momento da cirurgia foi um misto de sentimentos para Rafaela. Ela conta que orou a Deus em busca de conforto e relembra um momento marcante. “No centro cirúrgico o médico me disse ‘fica tranquila que estou aqui com você’. Ele nem deve saber, mas orei a Deus para guiar ele durante a cirurgia, lembro que eles estavam ouvindo flashback e isso me relaxou um pouco”, disse ela.

CÂNCER DE MAMA

O câncer de mama é uma condição de saúde grave que afeta predominantemente mulheres, mas também pode ocorrer em homens. A doença apresenta-se a partir do crescimento descontrolado de células malignas nos tecidos mamários. É um dos tipos mais comuns de câncer, com diversos fatores de risco, como histórico familiar, idade avançada e exposição a hormônios.


O diagnóstico precoce é importante para aumentar as chances de tratamento bem-sucedido. Exames regulares, como mamografias, são fundamentais para identificar anomalias. O tratamento varia de acordo com o estágio do câncer e pode incluir cirurgia, quimioterapia, radioterapia e terapia hormonal. A conscientização sobre o autoexame e os avanços na pesquisa são essenciais para combater essa doença.


De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA) são previstos 704 mil novos casos de câncer para cada ano do triênio 2023-2025. Dentre esses números, o câncer de mama é um dos mais incidentes com 73 mil em todo o Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

× WhatsApp