Operação da Polícia Civil combate o tráfico de drogas em pontos de van em Imperatriz

0
47
- Publicidade -

A Polícia Civil do Maranhão deflagrou, nesta sexta-feira (24), uma operação de combate ao tráfico de drogas em pontos de vans no setor da antiga rodoviária, em Imperatriz. As equipes fizeram abordagens a passageiros e contaram com o apoio de cães farejadores para vistoriar bagagens e locais que possam ter drogas escondidas.

A operação foi uma ação da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz (DENARC), em parceria com as Guardas Municipais das cidades de de Imperatriz, Marabá (PA) e Itinga (MA).

Esta ação aconteceu durante aulas do 1° Curso de guarda, proteção e detecção com cães, realizado pelo Canil GSPC de Imperatriz.

Desde a semana passada, agentes da Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal de Imperatriz (GMI) estão participando de um curso especializado em condução de cães de guarda, proteção e detecção, que ocorre no Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva.

Os agentes estão sendo treinados para aprimorar suas habilidades com cães policiais, o que é essencial para ocorrências complexas que necessitam de buscas e resgates, como também detecção de armas e drogas.

QUASE 200 KG DE MACONHA APREEBDIDA

Imagens de Notícias de Imperatriz

No inico deste mês, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 192,5 kg de skunk, conhecida como supermaconha, na carga de um caminhão, no km 260 da BR-010, em Imperatriz. De acordo com a PRF, durante a abordagem, que foi feita devido a placa do caminhão estar em desacordo com a legislação, o motorista disse que a carga se tratava de uma mudança da cidade de Belém, no Pará, para Goiânia. O veículo é um caminhão trator branco com placas da Bahia, atrelado a um semirreboque.

Ele também informou aos policiais que pegou o caminhão em Belém, mas não soube dizer o nome da pessoa que o entregou o veículo. Isso gerou suspeitas e ao fazer uma verificação detalhada na carga do caminhão, os agentes encontraram 180 tabletes de skunk. A maconha do tipo skunk tem um alto valor comercial, muito maior que a maconha comum. Além disso, foi encontrado na capa do celular do motorista, um pacote de aproximadamente 1 grama de cocaína, ele disse aos policiais que era para consumo pessoal e havia comprado em um posto de gasolina, em Belém.

As drogas foram encaminhadas para a Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DENARC) de Imperatriz. O motorista foi conduzido para a 10ª Delegacia de Polícia Civil de Imperatriz por tráfico de drogas. O caminhão ficou na Unidade Operacional da PRF em Imperatriz à disposição da Polícia Civil. 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.