Mais de 300 detentos são transferidos entre os presídios de Imperatriz e Davinópolis

0
195
Penitenciária Regional de Imperatriz
- Publicidade -

Pelo menos 347 detentos foram transferidos entre as unidades prisionais de Imperatriz e Davinópolis. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). De acordo com o órgão, o remanejamento dos presos entre as unidades da Região Tocantina foi realizado por medida de segurança. 

De acordo com a Seap, 177 presos foram transferidos da Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Davinópolis para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz e 120 detentos da UPR de Imperatriz para a de Davinópolis. Além disso, 50 internos da Penitenciária Regional de Imperatriz foram para a UPR de Davinópolis. A grande movimentação ocorreu durante toda a terça-feira (11), e as famílias dos internos foram surpreendidas, pois as visitas foram suspensas neste dia. Os familiares questionaram o motivo do cancelamento das visitas à administração da Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz, eles foram informados da transferência, mas não tiveram acesso à lista dos internos que foram transferidos. A Seap ainda disse em nota que o objetivo das transferências é proporcionar mais segurança aos servidores, presos, visitantes e pessoas que entram nas unidades prisionais da região.

Leia a nota da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária encaminhada ao Imperatriz Online:

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que realizou nesta terça-feira (11), uma movimentação de internos entre estabelecimentos prisionais da Região Tocantina. Ao todo, estão sendo remanejados cerca de 347 internos.

O objetivo é proporcionar mais segurança aos servidores, detentos, visitantes e pessoas que adentram as unidades prisionais da região, bem como ampliar as oportunidades de trabalho e estudo para os custodiados, garantindo a reintegração social.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.