25 C
Imperatriz
domingo, fevereiro 25, 2024
spot_img
InícioPolicialIrmã de brasileiro que matou maranhense e fugiu de prisão nos EUA...

Irmã de brasileiro que matou maranhense e fugiu de prisão nos EUA é detida e pode ser deportada

A polícia dos Estados Unidos confirmou neste domingo (10) a detenção da irmã de Danilo Cavalcante, que está foragido da justiça. Ela foi detida pelo órgão de Imigração e Fiscalização Aduaneira dos Estados Unidos (ICE) e aguarda processo de deportação.

Danilo Cavalcante foi condenado a prisão perpétua por homicídio no estado da Pensilvânia e ganhou notoriedade internacional ao escapar da prisão, escalando um muro e evadindo a custódia policial. Até o momento, o paradeiro de Danilo é desconhecido e as forças de segurança seguem em intensa busca pelo fugitivo.

Não foi confirmado se Eleni Cavalcante tem qualquer relação com a fuga de seu irmão. No entanto, a Polícia do Estado da Pensilvânia, mencionou que ela enfrenta alguns problemas de imigração.

Segundo as investigações, Danilo já era procurado por outro homicídio cometido no Brasil, entrando ilegalmente nos Estados Unidos para fugir das autoridades brasileiras. A busca pelo brasileiro está em seu 11º dia e envolve uma operação massiva com centenas de agentes, drones e helicópteros. Alertas foram emitidos na região e várias escolas e atrações turísticas foram fechadas.

No sábado (9), Danilo foi visto pela última vez na região de Phoenixville, cerca de 40 km do local de onde fugiu. As autoridades suspeitam que ele possa estar utilizando uma van branca roubada para se deslocar.

Danilo Sousa Cavalcante fugiu da prisão de Chesco no dia 31 de agosto e desde então uma força-tarefa foi criada para sua captura, envolvendo agentes da SWAT, delegados federais e policiais estaduais e do condado de Chester.

O fugitivo foi condenado pelo assassinato de sua ex-namorada, Débora Evangelista Brandão, ocorrido em abril de 2021. Brandão, que tinha 34 anos e era mãe de dois filhos, foi morta a facadas. De acordo com a promotoria, Cavalcante teria cometido o crime após Brandão descobrir que ele era procurado por outro homicídio no Brasil.

Enquanto a caçada continua, medidas internas também estão sendo tomadas: um carcereiro foi demitido por permitir a fuga de Cavalcante.

Em nota, o Ministério Público do Condado de Chester alertou que Danilo é considerado extremamente perigoso e pediu para que qualquer informação sobre seu paradeiro seja comunicada imediatamente às autoridades.

Valéria Cristina
Valéria Cristina
Jornalista - Graduada no curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de Jornalismo do Imperatriz Online e Mais Maranhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp