25 C
Imperatriz
domingo, março 3, 2024
spot_img
InícioPolicialIntegrante de grupo criminoso que explodia caixas eletrônicos no MA é presa

Integrante de grupo criminoso que explodia caixas eletrônicos no MA é presa

A Polícia Civil do Maranhão prendeu no estado do Pará, uma mulher suspeita de participar de uma organização criminosa especializada em arrombamento de caixas eletrônicos. De acordo com as investigações, no dia 28 de abril do ano de 2022, o grupo de  criminosos arrombaram a porta de uma agência bancária, na cidade de Balsas, e furtaram o dinheiro do caixa eletrônico usando explosivos.

Na época do crime foi encontrado na residência da presa notas de dinheiro manchadas de vermelho, uma quantia de mais de R$29 mil e objetos para a construção de explosivos que também continham mancha vermelha. Após a ação criminosa, a mulher fugiu para o estado do Pará. 

A prisão contou com a ajuda da Polícia Civil do Pará. Após levantamentos realizados pelos investigadores da Polícia Civil do Maranhão que estão  atuando na cidade de Balsas, foi encontrado o endereço da foragida no município de Pacajá, no Pará. 

A suspeita de integrar o grupo criminoso foi presa na última quarta-feira (29). A prisão foi deflagrada durante a “Operação Paz”, realizada pela Polícia Civil. A suspeita vai responder pelo crime de furto qualificado pelo emprego de explosivos. 

No município de Itapecuru-Mirim, um homem foi preso, na manhã de quinta-feira (30), em posse de uma granada. Ele é apontado como um dos criminosos que assaltaram uma loja de aparelhos celulares no Centro da cidade de Vargem Grande (MA), na quarta-feira (29).

Segundo a polícia, o homem contou com a ajuda de um comparsa durante o assalto. Eles apontaram uma arma de fogo para a atendente e obrigaram a vítima a colocar dinheiro e aparelhos celulares dentro de uma mochila. A dupla fugiu de moto.

Os assaltantes roubaram onze aparelhos celulares, uma caixa de som, uma quantia em dinheiro, dentre outros objetos de valor. Após o crime, os policiais receberam informações de que os autores estavam escondidos em uma residência localizada no povoado Leite, na zona rural de Itapecuru-Mirim.

Vanessa Carvalho
Vanessa Carvalho
Acadêmica de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de Jornalismo do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp