Homem é preso por bater e fazer outras ameaças contra a mulher em Imperatriz

0
65
Homem é preso por cometer violência doméstica contra a mulher em Imperatriz
- Publicidade -

Um homem foi preso pela Polícia Civil do Maranhão pelo crime de violência doméstica contra a mulher em Imperatriz. Durante a prisão, também foram apreendidos uma espingarda, além de objetos utilizados pelo autor durante a prática dos crimes de lesão corporal e ameaças, durante o mandado de busca e apreensão.

Imagens de Notícias de Imperatriz

O mandado de prisão foi cumprido através da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Imperatriz (DEAM). O agressor foi encaminhado à 10° Delegacia Regional de Polícia Civil e está à disposição da justiça.

De acordo com um balanço, a Casa da Mulher Maranhense de Imperatriz realizou mais de 10 mil atendimentos no ano de 2023. Segundo o levantamento, a maioria das vítimas atendidas sofreram algum tipo de violência psicológica. Em seguida vem os atendimentos de vítimas de violência física.

Ainda de acordo com o relatório, a maior parte das mulheres atendidas têm idades entre 30 e 39 anos. Esses atendimentos vêm de várias instituições como a Promotoria da Defesa da Mulher, Defensoria Pública, Delegacia Especializada da Mulher, entre outros.

Casos no Maranhão

No último sábado (19), um homem foi preso por violência doméstica pela Polícia Civil na cidade de Pinheiro, no Maranhão. O crime foi praticado contra a namorada dele. De acordo com a polícia, as agressões tiveram como motivação questões de ciúmes do agressor com a vítima.

No momento das agressões, ele desferiu uma coronhada de arma de fogo contra a mulher. Os policiais prenderam o agressor e apreenderam a arma utilizada para agredir a vítima. O homem foi levado à Delegacia Regional de Pinheiro. As investigações sobre o caso vão continuar por meio da Delegacia Especial da Mulher (DEM) de Pinheiro. 

A Polícia Civil prendeu, no fim de semana, dois suspeitos de cometerem crimes de feminicídio nos municípios de Rosário e Viana. Ambos já foram encaminhados ao Sistema Penitenciário, onde permanecem à disposição da Justiça.

O primeiro caso ocorreu na tarde do último sábado (20), no município de Rosário. O suspeito, tio da vítima de apenas 19 anos, teria matado a jovem com um golpe de arma branca na altura do pescoço. O corpo foi encontrado por familiares na sala da residência onde ela morava, no bairro Ivar Saldanha. O homem conseguiu fugir após o crime.

O segundo caso, em Viana, aconteceu na madrugada de domingo (21), no Povoado Prequeú. Segundo a Polícia Civil, o suspeito, que era companheiro da vítima, a matou a socos e por afogamento. O corpo foi encontrado em uma rede.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.