Início Saúde Criança com assimetria craniana precisa de ajuda para comprar capacete de R$10...

Criança com assimetria craniana precisa de ajuda para comprar capacete de R$10 mil

0
91
Pâmela Sophia foi diagnosticada com assimetria craniana e precisa usar um capacete que custa R$10 mil

Essa é a Pâmela Sophia, de 1 ano, ela foi diagnosticada com assimetria craniana, que causa uma diferença entre os dois lados da cabeça. Ela precisa usar um capacete no valor de R$10 mil, que serve para corrigir o problema.

A mãe da menina, Cristina Lorrana, conta que  não tem condições de arcar com esse custo e está pedindo ajuda. Ela também disse que o aparelho não é fornecido pelo SUS. As doações podem ser feitas pela chave CPF: 620.081.053-26, no nome de Cristina Lorrana Costa Damasceno, mãe da criança.

O que é a Assimetria Craniana ?

A assimetria craniana é uma condição em que há uma deformidade ou assimetria perceptível no formato da cabeça de um bebê. Essa condição pode se desenvolver durante o período de crescimento do crânio, que ocorre nos primeiros meses de vida. Existem várias razões para o desenvolvimento da assimetria craniana, sendo a posição do bebê durante o sono uma das principais causas.

Para corrigir ou prevenir a assimetria craniana, os médicos podem recomendar o uso de um capacete craniano, também conhecido como órtese craniana. Esse capacete é projetado para exercer uma leve pressão nas áreas da cabeça que precisam ser moldadas, permitindo que o crânio cresça de maneira mais simétrica. O uso do capacete é frequentemente indicado quando a assimetria craniana é detectada em estágios iniciais, quando a cabeça do bebê ainda é moldável.

O capacete craniano é geralmente feito sob medida para se ajustar à cabeça única de cada bebê, e é utilizado durante a maior parte do dia, removendo-se apenas durante o banho. O tratamento com o capacete pode durar várias semanas ou meses, dependendo da gravidade da assimetria craniana e da idade do bebê.

O uso do capacete craniano é uma abordagem terapêutica que visa corrigir ou prevenir essa assimetria, proporcionando uma forma mais simétrica ao crânio em desenvolvimento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

× WhatsApp