Corpo de adolescente que desapareceu em rio após saltar de ponte é encontrado

0
57
Corpo de adolescente que desapareceu em rio após saltar de ponte é encontrado
Corpo de adolescente que desapareceu em rio após saltar de ponte é encontrado
- Publicidade -

O corpo do adolescente Marcos Antonio, de 14 anos, que estava desaparecido desde o último sábado (18), no Rio Maracaçumé, na cidade de Maracaçumé, a 458 km de São Luís, foi encontrado na tarde de ontem (20). 

Marcos estava com um grupo de amigos se divertindo em uma ponte no rio e sumiu após saltar e cair de mal jeito, ele foi arrastado pela correnteza. Ainda segundo os bombeiros, os amigos dele ficaram com medo de avisar a família e tentaram por conta própria localizar o corpo de Marcos, os familiares só souberam do desaparecimento após várias horas. 

Os Bombeiros, alertam que mesmo com a baixa nas chuvas e com os níveis das águas de riachos e rios baixando, é recomendado a precaução na hora de banhar, pois a correnteza nesses locais são bastantes perigosas. Além do Corpo de Bombeiros, moradores e pescadores estão ajudando nas buscas. Segundo os bombeiros, o corpo de Marcos foi encontrado a 5 km de distância do local em que ele havia saltado.

Ainda segundo os bombeiros, com esse subiu para oito os casos de afogamento na região. Desses, apenas três eram adultos e os outros eram crianças e adolescentes, o que chama a atenção para o cuidado que os adultos devem ter com as crianças ao nadar nos rios.

Desses casos, um foi Cajari, dois em Pindaré Mirim, dois em Penalva, um em Buriticupu, um em Pinheiro e agora mais esse caso em Maracaçumé.

PREVENÇÃO DE AFOGAMENTO

  1. Nunca nade sozinho: Sempre nade com um parceiro, mesmo que você seja um nadador experiente. Ter alguém por perto pode ser vital em caso de emergência.
  2. Supervisão adequada: Nunca deixe crianças desacompanhadas perto de piscinas, praias, rios ou qualquer corpo d’água. Mantenha uma supervisão constante e atenta, especialmente em áreas onde crianças pequenas estão presentes.
  3. Conheça os riscos: Esteja ciente dos riscos específicos do local onde está nadando, como correntezas, rochas submersas, profundidade variável e áreas não vigiadas.
  4. Use coletes salva-vidas: Ao participar de atividades aquáticas, como navegação, esqui aquático ou caiaque, use sempre coletes salva-vidas, mesmo que saiba nadar.
  5. Evite álcool e drogas: O consumo de álcool e drogas pode comprometer o julgamento e as habilidades motoras, aumentando significativamente o risco de afogamento. Evite-os ao nadar ou participar de atividades aquáticas.
  6. Esteja preparado para emergências: Aprenda técnicas de primeiros socorros e ressuscitação cardiopulmonar (RCP). Tenha um telefone celular à mão para chamar ajuda rapidamente em caso de emergência.
  7. Sinalização de segurança: Em piscinas, instale cercas ao redor da área da piscina, com portões que se fechem automaticamente e trancas de segurança. Certifique-se de que os sinais de aviso estejam visíveis e sejam compreendidos por todos os usuários da área aquática.
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.