24 C
Imperatriz
sábado, fevereiro 24, 2024
spot_img
InícioAssinanteSuspeitos de participação na morte de PM são mortos em confronto policial...

Suspeitos de participação na morte de PM são mortos em confronto policial no MA

Dois suspeitos de participarem da emboscada que resultou na morte de um sargento da Polícia Militar, em Barra do Corda, morreram durante uma troca de tiros em uma operação policial realizada nesta quinta-feira (7). O PM, identificado como Walmir, teve o corpo carbonizado em 10 de novembro deste ano.

Os homens mortos no confronto foram identificados como Francisco Pereira da Silva Filho, o “Pilica”, de 32 anos. O outro é Adonias Fernandes da Silva, de 38 anos, que seria, segundo a Polícia Civil, líder do grupo. Adonias é um dos três irmãos foragidos. Antônio Fernandes da Silva, e Antônio Joacir Fernandes da Silva ainda não foram localizados. O trio é chamado de “irmãos caninanas”.

Imagens de Notícias de Imperatriz
Policial militar Walmir teve o corpo carbonizado

A troca de tiros aconteceu durante uma operação realizada pelas policias Militar e Civil para cumprir mandados de prisão contra posseiros armados suspeitos de participar da morte do sargento Walmir da PMMA. Os mandados de prisão haviam sido expedidos pela Comarca de Barra do Corda (MA).

Com mandados de prisão expedidos contra os dois suspeitos, eles foram localizados no mesmo local onde o corpo do sargento foi carbonizado em um veículo. Adonias Fernandes e Francisco Pereira da Silva foram surpreendidos pelos policiais, reagiram e houve troca de tiros. Eles foram atingidos e acabaram morrendo.

“Eles prontamente reagiram contra os policiais, que se defenderam e que acabou resultando na morte de dois pistoleiros, posseiros que ocupavam este local”, explicou o delegado Daniel Antunes, da Regional de Barra do Corda. Com a dupla, a polícia apreendeu armas de fogo, dentre elas, uma que pertencia ao sargento que foi morto. De acordo com o delegado Daniel Antunes, a Polícia Civil vai continuar investigando o caso para tentar localizar os demais suspeitos de participar do crime.

A EMBOSCADA

Imagens de Notícias de Imperatriz
Carro utilizado põe policiais militares foi cercado e incendiado

Um grupo de policiais militares, suspeitos de integrar milícia, foram surpreendidos em uma emboscada em Barra do Corda, a 462 km de São Luís. Durante a emboscada, um sargento da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), identificado até o momento como Walmir e lotado em Barra do Corda, morreu após ter seu corpo carbonizado em um veículo.

caso aconteceu em 10 de novembro. Segundo o delegado-geral da Polícia Civil no Maranhão, Jair Paiva, a suspeita é que os PMs teriam sido contratados por um fazendeiro para realizarem a desocupação de uma área na localidade.

Além do sargento que morreu carbonizado, mais dois policiais foram atingidos por disparos de arma de fogo e se encontram hospitalizados.
O delegado Jair Paiva disse que nove policiais foram autuados em flagrante por milícia. Sete pertencem ao 4º Batalhão de Polícia Militar de Balsas, outro é do Batalhão de Barra do Corda e o último é um policial penal. O caso segue sendo investigado.

Lucas Aquino
Lucas Aquino
Acadêmico de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro da equipe de jornalismo do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp