Homem preso em ponto de venda de droga é acusado de matar jovem em Imperatriz

0
263
- Publicidade -

O homem preso em um ponto de venda de drogas, na manhã de hoje (07), foi apontado pela polícia como acusado de matar a tiros o jovem João Pedro de Sousa, de 17 anos, na rua Bilar Dutra, no bairro Boca da Mata, em Imperatriz, no dia 31 de maio. De acordo com informações da polícia, dois criminosos, foram vistos com atitudes suspeitas em uma esquina na Vila JK.

Ao serem abordados pela guarnição um deles fugiu para um terreno e não foi encontrado. O outro homem correu com uma arma em mãos e tentou se esconder dentro de uma casa no mesmo bairro, mas foi capturado pelos militares. “Após isso, a guarnição fez o cerco com o apoio das guarnições da Força Tática e do CPU, conseguindo capturar o indivíduo que havia adentrado a residência”, disse a polícia.

No local, foram encontrados um revólver calibre 38, várias munições e drogas, além de outros objetos de origem desconhecida.

Imagens de Notícias de Imperatriz
Deogas, arma e outros objetos apreendidos em ponto de venda de drogas

O criminoso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Imperatriz. Após investigação, ele foi indetificado pela polícia como o autor do homicídio. Segundo a investigação, crime foi registrado por câmeras de segurança.

Nas imagens, o criminoso chega de bicicleta e para em frente a uma casa. Nesse momento, João Pedro vem chegando a pé, com um capacete na cabeça, uma mochila nas costas e segurando uma sacola. Quando a vítima se aproxima do homem, ele puxa uma arma e atira no rosto da vítima, que morre no local.

.Logo em seguida, o autor do crime foge de bicicleta. De acordo com a polícia, apesar de a vítima estar de capacete, nenhuma motocicleta foi encontrada nas proximidades do crime.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.