Casa de apoio que acolhe pessoas com câncer em Imperatriz precisa de ajuda 

0
213
Casa de apoio que acolhe pessoas com câncer em Imperatriz precisa de ajuda
- Publicidade -

O Instituto Amar Mais, que recebe pacientes em tratamento de câncer em Imperatriz, está precisando de doações de materiais de construção e de voluntários que possam ajudar na reforma do local.

A casa de apoio está dando uma pausa nos atendimentos dos pacientes devido a algumas dificuldades. A  reforma do local tem o objetivo de melhorar as condições do espaço para deixá-lo mais seguro e acessível aos pacientes, para que o retorno dos atendimentos possa voltar.

Quem puder doar ou estiver interessado em ser voluntário pode entrar em contato pelo número (99) 99180-1501.

Vale lembrar que o Instituto é uma casa de apoio e se mantém por meio de doações de alimentos, materiais de limpeza e de higiene, doação de cupom fiscal e de dinheiro em espécie.

A casa de apoio foi criada em 2006, é uma associação civil sem fins lucrativos que tem como objetivo acolher pacientes de Imperatriz e região que estão em tratamento de câncer. O instituto acolhe idosos, adultos e crianças, além dos acompanhantes.

Importância

A casa de apoio sem fins lucrativos desempenha um papel crucial na vida de pessoas em tratamento de câncer. Essas instituições são espaços de acolhimento, conforto e suporte, oferecendo um ambiente seguro e familiar para pacientes e seus familiares durante esse período desafiador.

A importância dessas casas de apoio é multifacetada. Primeiramente, elas proporcionam um lar temporário para pacientes que estão longe de suas residências durante o tratamento. Muitas vezes, as pessoas diagnosticadas com câncer precisam viajar para outras cidades ou países em busca de tratamento especializado.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.