31 C
Imperatriz
sábado, maio 18, 2024
spot_img
InícioJustiçaJustiça converte prisão de PM que matou jovem que fazia “grau” para...

Justiça converte prisão de PM que matou jovem que fazia “grau” para preventiva 

A Justiça do Maranhão converteu a prisão temporária em prisão preventiva para a policial militar Sabrinna de Sousa Silva, que matou a tiros o jovem Marcos Vinicius, de 20 anos. O incidente ocorreu durante uma perseguição, quando o jovem estava empinando uma moto nas ruas de Governador Edison Lobão, a cerca de 490 km de São Luís.

O caso ocorreu em 25 de fevereiro, resultando na prisão temporária da PM em Imperatriz, sob suspeita de homicídio. Com a conversão para prisão preventiva, Sabrinna permanecerá detida até uma decisão de revogação judicial.

A decisão da 2ª Vara Criminal de Imperatriz salienta que a prisão preventiva se justifica pela necessidade de manutenção da ordem pública, considerando a extrema violência da ação da policial. Segundo a determinação, não havia motivo para a perseguição policial, uma vez que não existem evidências, testemunhos ou relatos da própria acusada que justifiquem a abordagem realizada.

Quatro laudos do Instituto de Criminalística (ICRIM) foram encaminhados à Delegacia Regional de Imperatriz, evidenciando a presença de três projéteis de arma de fogo, sendo um retirado do corpo de Marcos e os outros dois encontrados no local. Os projéteis estão sendo analisados para comparar com a arma utilizada por Sabrinna.

Além do processo criminal, a PM responde a um processo administrativo por parte da Polícia Militar do Maranhão, que investiga sua conduta na morte do jovem.

Em resposta à decisão judicial, a defesa da PM Sabrinna respeita, mas discorda da prisão preventiva, alegando que não há fundamento para tal medida, uma vez que a perícia técnica demonstrou a ausência de intenção de matar por parte da policial.

Sabrinna Silva, além de policial, é uma influenciadora digital na região de Governador Edison Lobão, contando com mais de 87 mil seguidores no Instagram. Conhecida por publicar vídeos de humor e compartilhar sua jornada até se tornar policial militar, ela também realiza publicidade para lojas. Em 2022, foi homenageada pela Câmara Municipal de Imperatriz por sua atuação durante a detenção de um assaltante.

O corpo de Marcos Vinícius da Silva foi velado em sua residência e enterrado no cemitério local, gerando comoção na cidade e motivando protestos por justiça. O jovem trabalhava como auxiliar de serviços gerais em uma fábrica de rações e, nos fins de semana, se divertia com amigos praticando manobras com sua moto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!

- Publicidade -spot_img

Mais Populares

- Publicidade -
#

Ultimos Comentários

× WhatsApp