24 C
Imperatriz
terça-feira, novembro 29, 2022
spot_img
InícioPoliticaManifestantes voltam com barracas para frente do 50º BIS em Imperatriz

Manifestantes voltam com barracas para frente do 50º BIS em Imperatriz

Em quinto dia de manifestação contra o resultado das eleições, manifestantes apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) voltaram a se concentrar em frente ao 50º BIS, em Imperatriz, neste sábado (05). Desta vez, quem participa do ato levou até barraca para acampar em frente ao quartel. 

Motoristas que passam no trecho precisam reduzir a velocidade e ter atenção redobrada no trânsito, por conta do ato que ocorre desde a última terça-feira (01). A manifestação é em protesto ao resultado da eleição no último domingo (30), em que Lula (PT) foi eleito Presidente da República. 

Durante essas manifestações, falas de participantes com pedidos por intervenção militar e intervenção federal foram proferidas como pedido de anulação do resultado da eleição e impedir que Lula (PT), assuma a presidência após ter sido eleito novo Presidente da República no último domingo (30).

Já as rodovias do Maranhão estão liberadas desde quarta-feira (02). Na BR-010, no km 319, em Açailândia, além da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, a Tropa de Choque também atuou para desbloquear a via na tarde de terça-feira (01). O trecho foi interditado várias vezes por manifestantes contra o resultado das eleições, que chegaram a colocar até carradas de areia e barro para obstruir os dois lados da pista.

Segundo a PRF-MA, haviam pelo menos 10 pontos de bloqueios em pistas no Estreito, Açailândia, Trecho Seco e São Luís.   

Considerados atos antidemocráticos, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, durante sessão no Tribunal na última quinta quinta-feira (03), chamou de criminosos e disse que serão punidos os grupos que contestam o resultado da eleição. “Os eleitores, em maioria massacrante, são democratas. Aceitaram democraticamente o resultado das eleições. Aqueles que criminosamente não estão aceitando, aqueles que criminosamente estão praticando atos antidemocráticos serão tratados como criminosos”, disse Moraes.

Nathalie da Costa
Nathalie da Costa
Repórter, pesquisadora e graduanda do 8º período de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, na Universidade Federal da Maranhão (UFMA).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Populares

- Publicidade -

Ultimos Comentários

× WhatsApp