IBGE aponta que 74% dos maranhenses vivem com menos de um salário

0
163
blank
Pessoas comprando no Calçadão de Imperatriz.
- Publicidade -

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estática (IBGE), por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) apontou que 74% dos maranhenses vivem com menos de um salário mínimo por mês.

PNAD é uma pesquisa de periodicidade anual, foi encerrada em 2016, com a divulgação das informações referentes a 2015. Planejada para produzir resultados para Brasil. A PNAD pesquisava, de forma permanente, características gerais da população, educação, trabalho, rendimento e habitação, com periodicidade variável.

A PNAD foi substituída, com metodologia atualizada, pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua – PNAD Contínua,  que oferece uma cobertura territorial mais extensa e disponibiliza informações trimestrais sobre a força de trabalho em âmbito nacional.  

A pesquisa mostrou também que em todo o Brasil cerca de 30 milhões de pessoas vivem com menos de um salário mínimo por mês. Isso reflete na concentração de renda e na falta de políticas públicas eficientes. A pandemia do novo coronavírus foi um outro fator que agravou o problema econômico no país e no estado, segundo especialistas.  

*Com informações de Imirante.com

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui