28.9 C
Imperatriz
sexta-feira, setembro 24, 2021
spot_img
InícioPolicialMãe de médico que foi morto por policial militar desabafa

Mãe de médico que foi morto por policial militar desabafa

Sete dias depois do assassinato de Bruno Calaça, a mãe do jovem, Ariélia Calaça, faz um desabafo cobrando respostas das autoridades do município sobre a fiscalização na casa de evento que aconteceu o crime e do Estado, pela Secretaria de Segurança Pública, que nunca procurou a família e nem se pronunciou oficialmente sobre o assunto para a imprensa.

Escute o áudio clicando aqui

O Imperatriz Online já enviou e-mails cobrando um posicionamento da Secretaria de Segurança Pública, mas não houve nenhuma resposta. Já o município, por meio do Secretário, Eduardo Soares, disse que as fiscalizações continuam acontecendo nas casas de eventos mediante denúncias, porém, os questionamentos feitos pela mãe da vítima devem ser respondidos pelo Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública.

Nós deixamos o espaço aberto para o pronunciamento de todas as instituições citadas e também para os desabafos da família.

Andamento do caso

Na última sexta-feira (30), o policial militar, Adonias Sadda, que matou Bruno Calaça com um tiro, voltou a afirmar que o disparo feito à queima roupa foi acidental. Segundo o militar, a arma teria disparado depois que a vítima deu um chute em sua direção. As declarações foram feitas em um novo depoimento prestado na delegacia.

A versão está sendo contestada pelos investigadores que apuram o caso, pois as análises das imagens obtidas pela Polícia Civil apontam que o modo como o crime aconteceu não tem características de disparo acidental. Além disso, Adonias Sadda passou por um novo exame de corpo de delito, para analisar a suposta lesão que ele afirma ter sido causada pelo chute dado pela vítima.

O médico, Bruno Calaça, tinha 23 anos e morreu com um único tiro durante uma festa ilegal, em um estabelecimento na Avenida Beira Rio.

Imagens de Notícias de Imperatriz
Imagens de Notícias de Imperatriz
Carla Guerrero
Graduanda em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Atual presidente da Empresa Júnior de Jornalismo da UFMA, a Imprensatriz. Membro da equipe jornalística do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

Ultimos Comentários

José Galvão on Quatro feridos em tiroteio
Jaciane oliveira de Sousa on Casamento comunitário será online
Pablo Nascimento Cortez Moreira on Professor Frazão morre por complicações de covid-19
Ildeane Ramos do Nascimento on Caixa Econômica tem novo horário de atendimento
× WhatsApp