28.3 C
Imperatriz
segunda-feira, maio 17, 2021
spot_imgspot_img
InícioPolicialCentro Acadêmico da UFMA cobra justiça sobre caso de assédio sexual

Centro Acadêmico da UFMA cobra justiça sobre caso de assédio sexual

O Centro Acadêmico de Enfermagem da UFMA de Imperatriz, Ana Néri, se pronunciou em nota de repúdio sobre um caso de assédio sexual sofrido em ambiente de trabalho, por um ex-aluno da instituição. O caso aconteceu no mês de fevereiro deste ano, na cidade de Campestre do Maranhão. 

Uma das vítimas foi assediada nos primeiros dias de trabalho, o que acabou revoltando os alunos da instituição, pois não houve nenhuma manifestação de apoio ou denúncia por parte do órgão público onde o crime aconteceu.  

No começo do mês de abril, o suspeito de cometer o ato, foi preso pela Polícia Civil de Porto Franco na cidade de Campestre, acusado de utilizar de sua posição hierárquica dentro do órgão público para assediar, importunar e estuprar funcionários. A prisão foi em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara da Comarca de Porto Franco. 

O suspeito estava respondendo pelo crime em prisão preventiva, mas uma decisão judicial expedida pela 1ª Vara da Comarca de Porto Franco determinou que o mesmo possa responder judicialmente pelo o ato em liberdade provisória. Os nomes dos envolvidos não podem ser revelados, pois o caso segue sob segredo de justiça.

Veja a nota da UFMA na íntegra:

Cyarla Barbosa
Cyarla Barbosa
Acadêmica de Comunicação Social habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), integrante do Grupo de Pesquisa Jornalismo de Fôlego e jornalista da equipe Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

Ultimos Comentários

Pablo Nascimento Cortez Moreira on Professor Frazão morre por complicações de covid-19
Ildeane Ramos do Nascimento on Caixa Econômica tem novo horário de atendimento
× Fale com a gente, agora!