22.4 C
Imperatriz
domingo, maio 9, 2021
spot_imgspot_img
InícioSaúdeImperatrizense com doença rara sofre por falta de tratamento na cidade

Imperatrizense com doença rara sofre por falta de tratamento na cidade

A advogada, Irenice Candido, tem 41 anos, dois filhos e foi diagnosticada com a doença rara, Esclerose Lateral Primária, há cerca de cinco anos. Desde então, ela está perdendo gradativamente os movimentos do corpo, por isso precisa permanecer fazendo o tratamento necessário que melhora a sua vida e de seus filhos.

Irenice, comoveu muitos imperatrizenses, porque ela mora em Imperatriz, mas na cidade não tem o tratamento necessário, que é a fisioterapia em piscina aquecida. Por isso, ela está há 7 meses em São Luís e lá, várias clínicas possuem esse tratamento, o problema é que Irenice precisa voltar pra sua casa em Imperatriz, pois as despesas na capital estão altas.

A advogada, contou ao Imperatriz Online a sua tristeza em saber que não pode continuar com seu tratamento, pois não existe em Imperatriz, mesmo sendo a segunda maior cidade do MA. Além disso, ela conta como esse tratamento é importante para o tratamento de outras patologias, que outros imperatrizenses precisam, mas pela falta, são obrigados a procurar em outras cidades.

Fisioterapia em piscina aquecida em São Luís/MA

Carla Guerrero
Carla Guerrero
Graduanda em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Atual presidente da Empresa Júnior de Jornalismo da UFMA, a Imprensatriz. Membro da equipe jornalística do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

Ultimos Comentários

Pablo Nascimento Cortez Moreira on Professor Frazão morre por complicações de covid-19
Ildeane Ramos do Nascimento on Caixa Econômica tem novo horário de atendimento
× Fale com a gente, agora!