20 C
Imperatriz
sábado, julho 24, 2021
spot_img
InícioSaúdeImperatrizense com doença rara sofre por falta de tratamento na cidade

Imperatrizense com doença rara sofre por falta de tratamento na cidade

A advogada, Irenice Candido, tem 41 anos, dois filhos e foi diagnosticada com a doença rara, Esclerose Lateral Primária, há cerca de cinco anos. Desde então, ela está perdendo gradativamente os movimentos do corpo, por isso precisa permanecer fazendo o tratamento necessário que melhora a sua vida e de seus filhos.

Irenice, comoveu muitos imperatrizenses, porque ela mora em Imperatriz, mas na cidade não tem o tratamento necessário, que é a fisioterapia em piscina aquecida. Por isso, ela está há 7 meses em São Luís e lá, várias clínicas possuem esse tratamento, o problema é que Irenice precisa voltar pra sua casa em Imperatriz, pois as despesas na capital estão altas.

A advogada, contou ao Imperatriz Online a sua tristeza em saber que não pode continuar com seu tratamento, pois não existe em Imperatriz, mesmo sendo a segunda maior cidade do MA. Além disso, ela conta como esse tratamento é importante para o tratamento de outras patologias, que outros imperatrizenses precisam, mas pela falta, são obrigados a procurar em outras cidades.

Fisioterapia em piscina aquecida em São Luís/MA

Carla Guerrero
Graduanda em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Atual presidente da Empresa Júnior de Jornalismo da UFMA, a Imprensatriz. Membro da equipe jornalística do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

Ultimos Comentários

José Galvão on Quatro feridos em tiroteio
Jaciane oliveira de Sousa on Casamento comunitário será online
Pablo Nascimento Cortez Moreira on Professor Frazão morre por complicações de covid-19
Ildeane Ramos do Nascimento on Caixa Econômica tem novo horário de atendimento
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale com a gente, agora!