25.1 C
Imperatriz
terça-feira, abril 13, 2021
Início Policial Roubos a bancos reduzem no Maranhão, mas deixam prejuízos

Roubos a bancos reduzem no Maranhão, mas deixam prejuízos

De acordo com dados do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública – Regional Nordeste (CIISPR-NE), o número de roubos a bancos reduziu em 16,7% no período de janeiro a setembro, se comparado ao ano passado no Maranhão. As forças de segurança do estado atuam para evitar ataques às agências bancárias com o objetivo de garantir a proteção das instituições financeiras e também de seus usuários, por meio da operação Maranhão Seguro.

Neste ano, nas cidades de Codó e Olinda Nova, por exemplo, ocorreram duas ações do gênero. Na primeira, houve a modalidade conhecida como “sapatinho”, quando os bandidos utilizam funcionários do banco para chegar aos cofres sem levantar suspeitas. Já em Olinda Nova, o grupo chegou fortemente armado, segundo testemunhas, e tentaram explodir caixas eletrônicos do Bradesco, mas não obtiveram sucesso.

Segundo um levantamento realizado pelo portal de notícias do UOL, sobre 26 crimes cometidos em 23 cidades do país, mega-assaltos a bancos e a bases-fortes de empresas de guarda valores levaram ao menos R$ 515 milhões nos últimos cinco anos.

Esses assaltos possuem em comum a modalidade de domínio de cidades, uma ação denominada de “novo cangaço”, em que criminosos fecham batalhões da Polícia Militar, as entradas das cidades, usam explosivos, portam armas pesadas como fuzis e outros objetos de grande capacidade.

Cyarla Barbosa
Cyarla Barbosa
Acadêmica de Comunicação Social habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), integrante do Grupo de Pesquisa Jornalismo de Fôlego e jornalista da equipe Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

Ultimos Comentários

Ildeane Ramos do Nascimento on Caixa Econômica tem novo horário de atendimento
× Fale com a gente, agora!