30 C
Imperatriz
quinta-feira, dezembro 3, 2020
Início Estado Gerente vítima de sequestro está com explosivos no corpo

Gerente vítima de sequestro está com explosivos no corpo


A Polícia Militar do Maranhão, em Codó, está trabalhando para desativar explosivos que estão amarrados no corpo do gerente de uma agência do Banco do Brasil, na cidade. O homem foi sequestrado junto com sua família ontem à noite e a ação dos criminosos seguiu até o começo da tarde desta terça-feira.

Em Codó, o comércio de rua foi fechado por ordem das autoridades policiais que estavam atendendo a ocorrência. Segundo informações da Polícia Militar, os criminosos fugiram sem levar nenhum dinheiro. A família do gerente foi liberada hoje pela manhã, mas ele segue na agência preso a explosivos.

Ainda de acordo com informações da PM, os criminosos fugiram para a região de Caxias. A polícia segue em busca dos envolvidos.

Avatar
Ananda Portilho
Mestranda em Comunicação pela Universidade Federal do Maranhão, formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo (UFMA), repórter e co-apresentadora no Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

Morre o guardião do Estádio Frei Epifânio

Morreu nesta quinta-feira (0Rodolfo Ferreira de Carvalho, nascido em Xambioá (TO), residia em Imperatriz há 53 anos. Era casado com a Sra....

PF prende estelionatários na Operação Ágil Final

Na manhã desta quinta-feira (03), a Polícia Federal do Maranhão deflagrou a Operação “Ágio Final”, que tinha finalidade descobrir associação criminosa que...

PM acusado de matar empresário é transferido para São Luís

O policial militar apontado como o executor do empresário Valdinei Diniz dos Santos, de 41 anos, foi transferido para o Quartel do...

Mulher que carregava duas crianças morre na BR 010

Uma mulher de 26 anos morreu na BR-010, em Campestre, depois de ser atropelada por um caminhão. Segundo informações da Polícia Rodoviária...

Ultimos Comentários

× Fale com a gente, agora!