21 C
Imperatriz
segunda-feira, junho 21, 2021
spot_imgspot_img
InícioCidadeMúsica ao vivo em restaurantes e bares podem ser liberados na próxima...

Música ao vivo em restaurantes e bares podem ser liberados na próxima semana

A liberação de pequenos eventos e apresentações de voz e violão em bares e restaurantes será reavaliada na próxima semana. A decisão foi anunciada em coletiva pelo governador do Maranhão na manhã dessa sexta (07).

A edição da portaria que libera a volta de pequenos eventos está em tramitação na Secretaria de Saúde, por necessitar de análise técnica. Foi ressaltado ainda que os grandes shows continuam suspensos, bem como a reabertura de teatros e cinemas.

A Lei Aldir Blanc, que foi sancionada no dia 29 de junho e que destina, em caráter emergencial, R$ 3 bilhões ao setor da Cultura, tem previsão de ser implantado ainda neste mês de agosto. O auxílio tem três formas de apoio, são renda mensal de R$ 600,00 durante três meses aos trabalhadores da cultura sem emprego formal, subsídio mensal entre R$ 3 a 10 mil para manutenção de espaços artísticos e culturais que tiveram suas atividades paralisadas por causa da pandemia e o apoio a editais, chamadas públicas, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural e prêmios. A lei também prevê acesso à linha de crédito.

Os interessados devem estar procurar a Secretaria de Cultura do Município e realizar o cadastro.

Simone Joe
Graduanda em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, na Estácio. Letras (UEMA) e pós-graduada em Português para Jornalistas (Unyleya). Membro da equipe jornalística do Imperatriz Online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

Ultimos Comentários

José Galvão on Quatro feridos em tiroteio
Jaciane oliveira de Sousa on Casamento comunitário será online
Pablo Nascimento Cortez Moreira on Professor Frazão morre por complicações de covid-19
Ildeane Ramos do Nascimento on Caixa Econômica tem novo horário de atendimento
× Fale com a gente, agora!