24.2 C
Imperatriz
sábado, junho 19, 2021
spot_imgspot_img
InícioCidadeEstado pagou R$ 75 mil por aluguel de prédio sem uso

Estado pagou R$ 75 mil por aluguel de prédio sem uso

O Governo do Maranhão, por meio da pasta de Direitos da Cidadania, pagou R$ 75 mil pelo aluguel de um prédio que não está sendo utilizado. O imóvel, localizado no bairro Bacuri, em Imperatriz, foi alugado para abrigar a unidade de semiliberdade da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), em 2015. O contrato de aluguel, segundo consta no Diário Oficial do dia 17 de julho daquele ano, foi firmado com duração de cinco anos. Mas, segundo moradores, o local está vago desde o final de 2018.

Uma comerciante do setor, que preferiu não se identificar, contou à nossa equipe de reportagem que desde que se mudou para o local o prédio está abandonado. “Moro aqui há um ano e meio e nunca vi nenhuma movimentação aí. Os vizinhos contaram que antes era uma dessas casas de receber adolescentes”.

Pelos relatos de outros moradores do bairro Bacuri, a casa deixou de ser utilizada em novembro de 2018. Mesmo depois de um ano e oito meses sem funcionar para a finalidade para qual foi alugada, no Portal da Transparência do Governo do Maranhão consta que os pagamentos foram feitos até maio deste ano. De acordo com os registros eletrônicos, o aluguel do imóvel custa R$ 5 mil.

Com base nesse valor, em todo o ano de 2019 o governo deveria ter pagado R$ 60 mil ao locatário. O montante chegou a ser liquidado, mas só há registro do pagamento de R$ 50 mil. Já no ano de 2020, também segundo o Portal da Transparência, foram pagas cinco parcelas no valor de R$ 5 mil cada uma, o que totaliza R$ 25 mil. De janeiro de 2019 a maio deste ano, o montante pago pelo aluguel do espaço foi de R$ 75 mil.

A equipe de reportagem do Imperatriz Online esteve esta semana no endereço do prédio alugado. No local, é possível observar restos de material de construção. Pelas condições, o prédio está visivelmente abandonado.

No ano passado, 10,9% do orçamento da Secretaria de Direitos da Cidadania foram destinados para a Fundação da Criança e do Adolescente em todo o estado. Neste ano, o percentual alcança 11,8% do total gasto até julho.

O outro lado

O Governo do Estado do Maranhão foi procurado na segunda-feira (20) para apresentar sua versão sobre o assunto. Apesar dos contatos insistentes da nossa produção, o Estado preferiu não se pronunciar. O Imperatriz Online continua aguardando uma resposta.

Ananda Portilho
Bacharela em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão, em Imperatriz. É repórter e âncora no Imperatriz Online. Apaixonada por futebol, animais e boas histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

Ultimos Comentários

José Galvão on Quatro feridos em tiroteio
Jaciane oliveira de Sousa on Casamento comunitário será online
Pablo Nascimento Cortez Moreira on Professor Frazão morre por complicações de covid-19
Ildeane Ramos do Nascimento on Caixa Econômica tem novo horário de atendimento
× Fale com a gente, agora!