Município intensifica campanha contra dengue, zika e chikungunya

O três primeiros meses do ano formam o período de maior risco de proliferação do mosquito Aedes Aegypti. O período chuvoso, com horas de calor, facilita o desenvolvimento do mosquito.

A preocupação com o mosquito Aedes Aegypti deve seguir o ano inteiro  (foto da internet)

Os agentes de endemias fazem a vistoria de casas e empresas durante todo o ano, mas a comunidade precisa colaborar eliminando  ou limpando corretamente locais que acumulem água parada. 

Em 2019 o estado do Maranhão teve mais de 5 mil casos de dengue. Em Imperatriz foram 184 casos da doença. Chikungunya e Zika são outras doenças que preocupam pela gravidade e a principal forma de combater é não deixar que o mosquito nasça.

 O Imperatriz Online entrevistou o supervisor de endemias de Imperatriz, Genesis Costa. Acompanhe a entrevista, na íntegra, e tire as suas dúvidas.

Entra live.

COMBATE AO MOSQUITO Município intensifica campanha para prevenir dengue, zika e chikungunya.

COMBATE AO MOSQUITO Município intensifica campanha para prevenir dengue, zika e chikungunya.COMBATE AO MOSQUITOMunicípio intensifica campanha para prevenir dengue, zika e chikungunya.

Posted by Imperatriz Online on Monday, January 20, 2020

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Mais

Acidente na madrugada de domingo deixa uma vítima fatal e dois feridos

Na madrugada de ontem, 23, aconteceu um acidente na Av. Pedro Neiva de Santana, envolvendo…