Quatro pessoas morreram no mesmo período

O Maranhão contabilizou 5.592 casos confirmados de dengue nos últimos doze meses. O número é do Boletim Epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. De acordo com o documento, o estado atingiu a incidência de 79 casos a cada 100 mil habitantes. Essa taxa foi a menor registrada na região Nordeste. O levantamento também aponta quatro mortes por causa da doença. 

O clima é um dos principais responsável pela dengue. Por isso é importante ter cuidado com aguá parada e lixo em ambientes úmidos

Mas a dengue não foi a única doença transmitida pelo mosquito aedes aegypti a fazer vítimas no Maranhão. O boletim do Governo Federal aponta que uma morte por Chikungunia também foi registrada no estado em 2019. No mesmo período foram 749 casos da doença contabilizados pelos órgãos de saúde. Já a Zika, atingiu 331 pessoas no Maranhão nos últimos doze meses, mas nenhuma morte foi registrada por causa da doença, no estado.

Dados do Ministério da Saúde também apontam um alto índice de infestação predial nas cidades maranhense. Isso quer dizer que a quantidade de larvas do mosquito, encontradas em casas e prédios públicos e privados, é preocupante. O Maranhão aparece na lista de estado em sinal de alerta para o alto índice de infestação.

Números do Brasil

Em todo o país as doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegypti colocaram em alerta os órgãos de vigilância epidemiológica. No ano passado, foi registrado um surto de dengue no Tocantins, estado que faz divisa com o Maranhão. De acordo como Ministério da Saúde, foram mais de 1,5 milhões de casos de dengue notificados no Brasil, em 2019. A região Nordeste ficou em terceiro lugar no ranking por agrupamento de estado, com uma incidência de 372,8 casos para cada 100 mil habitantes. Foram registradas 754 mortes por causa da doença e outras 221 ainda estão sendo investigadas. 

Em relação aos números de Chikungunya foram mais de 130 mil casos prováveis notificados, o que gerou uma incidência de 62,2 diagnósticos a cada 100 mil habitantes. O Nordeste aparece em segundo lugar do ranking de regiões, com 58,3/100 mil. Foram contabilizadas 95 mortes, no país, por causa da doença. 

Já o Zika vírus fez mais de dez mil vítimas, três delas morreram. Todos as mortes foram registradas no estado da Paraíba. A incidência da doença alcançou 5,1 casos a cada 100 mil habitantes.

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Mais

Campanha de prevenção as ISTs no Carnaval

De acordo com o Ministério da Saúde, a maioria dos registros de contaminação pelo vírus do…