Ministério da Cidadania ministra oficina sobre Edital Culturas Populares nesta sexta-feira, 02, em Imperatriz

A iniciativa visa esclarecer mestres(as) e pessoas jurídicas sobre quais ações podem ser inscritas no edital

Texto: Prefeitura de Imperatriz

O Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Especial da Cultura, e com o apoio da Prefeitura, por meio da Fundação Cultural de Imperatriz, ministrará uma oficina nesta sexta-feira, 02 de agosto, com orientações sobre como mestres(as) e pessoas jurídicas devem realizar a inscrição de suas iniciativas na 7ª edição do Edital Culturas Populares. A oficina será ofertada de forma gratuita, a partir das 14h, na sede da Fundação Cultural de Imperatriz, FCI, Rua Simplício Moreira, S/N – Centro.

A ação do Ministério da Cidadania tem como finalidade auxiliar todos os interessados em participarem da premiação, que destinará ao todo R$ 5 milhões, sendo contemplados individualmente com R$ 20 mil até 250 iniciativas, sem fins lucrativos e que objetivem fortalecer e contribuir para dar visibilidade a atividades culturais de todo o Brasil.

A 7º edição do Edital de Culturas Populares homenageará Vitor Mateus Teixeira, O Teixeirinha, e é a maior premiação da cultura popular em termos de valores e número de premiados, concedido pelo Ministério da Cultura (MinC) desde 2007. Na edição de 2019, cada um dos vencedores vai receber R$ 20 mil. As inscrições podem ser feitas de 24 de junho a 16 de agosto,via postal ou pela internet no site http://culturaspopulares.cultura.gov.br/.

Neste ano serão premiados 150 iniciativas de Mestres e Mestras (pessoas físicas); 90 iniciativas de pessoas jurídicas sem fins lucrativos com finalidade ou natureza cultural expressa em seu estatuto, já reconhecidas como Pontos de Cultura ou cadastradas na Plataforma Rede Cultura Viva; e 10 inciativas de pessoas jurídicas sem fins lucrativos com finalidade ou natureza cultural expressa em seu estatuto, já reconhecidas como Pontos de Cultura ou cadastradas na Plataforma Rede Cultura Viva e que comprovem ações em acessibilidade cultural.

Já foram realizadas seis edições anteriores, com aproximadamente 11 mil inscritos e mais de 2 mil iniciativas premiadas, com recursos R$ 28,7 milhões distribuídos nas cinco regiões do País.

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Mais

A história da americana com o Brasil e a panelada de Imperatriz

  O Brasil é um país plural que possibilita ao estrangeiro aprendizado que vai além d…