Dia Nacional de Combate ao Glaucoma: a importância do diagnóstico precoce.

Ascom, Marcelo Nunes

No dia 26 de maio, é comemorado o dia nacional de combate ao glaucoma. Conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce, é o objetivo da data. Considerada uma disfunção “silenciosa”, é maior causa de cegueira no país, somando 15 milhões de pessoas diagnosticadas com a doença. Segundo  a Organização Mundial de Saúde, até 2020 a patologia atingirá 80 milhões de pessoa no mundo. Ainda de acordo com os dados as pessoas mais afetadas estão na faixa entre os 40 a 60 anos.

O glaucoma é caracterizado pelo aumento da pressão intraocular, que provoca o endurecimento do globo e determina uma compressão do nervo óptico tendo como efeito diminuir a acuidade visual. O tipos mais comum da doença são: glaucoma de ângulo aberto, o sintoma mais comum é  perda lenta da visão. O glaucoma de ângulo fechado, embora raro, é uma emergência médica e seus sintomas incluem dor ocular com náuseas e distúrbios súbitos de visão.

Segundo O Ministério da Saúde  pessoa entre 40 a 60 anos, estão na faixa de risco para desenvolver o glaucoma. É importante que pessoas que são diagnosticadas com alto grau de miopia ou diabéticos, realizem exames oftalmológicos com mais frequência. Quando há histórico familiar de portadores da patologia é necessário fazer o acompanhamento oftalmológico, pelo menos uma vez por ano.

O Oftalmologista, Rubens Egawa Especialista em Catarata e Glaucoma, da Clínica Cadi Diagnóstico, pontua a importância do dia 26 de maio.  Vale ressaltar, que essa data como outras da área da saúde, tem como objetivo trazer a público uma discussão sobre a doença em questão. É muito comum que os segmentos da saúde tenham campanhas bem engajadas na mídia, e esse é o objetivo do dia 26 de maio, que combate o glaucoma. Só no Brasil há 15 milhões de casos diagnosticados, essa patologia é a maior causa de cegueira em nosso país. É importante frisar que pessoas que já tiveram o caso em sua família possuem uma predisposição para a doença, são conhecidos como doentes em potencial.

Ressalta, para as pessoas diagnosticadas com a patologia, o tratamento tem como objetivo de  reduzir a pressão ocular. Dependendo do tipo e do grau  do glaucoma, pode ser feito por meio de medicamentos ou via cirurgia. Para o não agravamento da do glaucoma, deve-se fazer o uso de medicamentos que normalizam a pressão intraocular ajudando a controlar os avanços da doença e a prevenir a perda de visão. Vale pontuar que os medicamentos devem ser receitados por profissionais da área.

Cuidados:

É importantes que os portadores da doença, tenham um estilo de vida saudável, visto que isso  ajuda a controlar o glaucoma. Manter uma  alimentação equilibrada e praticar exercícios físicos, podem ajudar  a controlar a pressão intraocular, assim, melhora a saúde dos olhos. Mas é preciso evitar o excesso de algumas substâncias, além de alguns exercícios que podem agravar o problema, um grande quantidade de qualquer líquido em um curto período de tempo pode alterar a pressão ocular, deve-se evitar também a ingestão de cafeína.

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Entenda os mitos e verdades sobre a asma

Entenda os mitos e verdades sobre a asma Com milhões de pessoas no mundo atingidas pela do…