Artigo: Onde está a cura?

Texto: Anny Mesquita, médica. Pós-graduanda em medicina antroposófica. @annymmesquita

Fui buscar no dicionário o significado da palavra cura:

1. Solução para algo

2. Tratar ou recuperar a saúde

3. Corrigir ou libertar-se de vício ou defeito

4. Sarar (a ferida) com medicamento

5. Exercer funções de cura (de alma)

Que linda surpresa eu tive ao deparar-me com o item 5!

Porque o dicionário especificaria exatamente a cura da alma?

A minha busca pela resolução dos males que afligem os seres humanos está tomando caminhos inesperados e mágicos à medida que estudo mais sobre as práticas médicas complementares. A arte tem me curado, bem como a leitura e a meditação. Conheço pessoas curadas pelo esporte e outras que melhoraram integralmente ao mudar de trabalho (vocês também conseguem enxergar isso na Fátima Bernandes?) Desta forma, vejo que a solução de muitas doenças fogem do item 4, o qual afirma que curar é sarar algo por meio de medicações. Não nego essa realidade, mas discordo do padrão que afirma que todo e qualquer sintoma ou dor precisa ser medicada.

A cura da alma é tão imprescindível quanto a cura física, e talvez mais complexa, pois exige um resgate de toda a nossa vivência familiar e social. Ao analisar nossos problemas psíquicos – que muitas vezes resultam em sintomas físicos espelhados – percebemos que a maioria deles moram na infância. A idade adulta existe para acessarmos e resolvermos essas situações que foram deixadas de lado pela falta de maturidade ou até mesmo pelo bloqueio que a situação causou e que, por não terem sido resolvidas, geram aflições emocionais e psíquicas. As palavras que melhor representam a cura nesse âmbito espiritual é perdoar e, então, novamente amar.

Inteligência emocional é uma ponto primordial dentro da minha prática médica. Não consigo dissociá-la da cura completa de cada paciente meu. Às vezes prescrevo ‘’uma hora deitado na grama sozinho no parque” para pacientes que esquecem da sua individualidade  e dos momentos de tranquilidade que a vida pode ofertar, devido ao excessivos problemas familiares e profissionais que precisam resolver. Um ponto muito importante dentro da cura da alma é esse: saber até onde vai o seu papel dentro da família e do trabalho. Se cada um cumpre com o seu dever, o grupo consegue sobreviver sem maiores frustrações. A sobrecarga emocional inicia um processo de desgaste físico e psíquico que, na maioria das vezes, resultam em doenças mentais ou físicas.

Qual o remédio que substitui um abraço? Qual a pílula que ensina a educação e o respeito ao próximo? Em qual drogaria eu encontro a solução para os relacionamentos abusivos que resultam em traumas psicológicos para pais e filhos e, em casos extremos, até mortes? Qual a medicação que soluciona a falta de bom-senso de um chefe que deixa um empregado 5 anos sem férias, à beira de um ataque de nervos e depressão? 

A cura da alma está surgindo à medida que a nossa população amplia a sua consciência. Somos uma nova geração e estamos mergulhando no nosso inconsciente para sanar nossos problemas mais profundos. Corpo, alma e espírito precisam co-existir em harmonia para que uma verdadeira saúde reine entre nós.

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Entenda os mitos e verdades sobre a asma

Entenda os mitos e verdades sobre a asma Com milhões de pessoas no mundo atingidas pela do…