5 Filmes que são realistas em relação ao amor

Texto: Yanna Duarte @maisqueomeucorpo

Comédias românticas são uma boa pedida para descansar um pouco da correria do dia-a-dia e sonhar com situações que na vida real são difíceis de acontecer. Nesse tipo de filmes, vemos amores impossíveis se tornando possíveis, caras bonitos e, de certa forma, estereotipados e uma mocinha onde no final, após superada as dificuldades, eles acabam juntos e felizes. Não que essas comédias não tenham sua importância – afinal, entretem o público e contam divertidas histórias –, mas acabam trazendo uma idealização do que esperar a respeito do amor e do outro. Pensando nisso e na ideia de que é saudável assistir histórias menos fantasiosas a respeito, trago uma lista com cinco filmes que tratam o mundo dos relacionamentos de uma forma mais realista, onde o amor está sujeito a desgastes, traições e arrependimentos. Ou, às vezes, mesmo com a certeza de sua existência, não é o bastante.

Entre o Amor e a Paixão (2011)

No início do filme, a personagem Margot revela seu medo de conexões em aeroportos. Questionada sobre o porquê, ela admite que não gosta de estar entre um lugar e outro, devido às incertezas que isso traz. Esse diálogo resume bem “Entre o Amor e a Paixão”, que conta a história de Margot, uma mulher que viaja a uma cidadezinha na Escócia para reescrever os panfletos turísticos de um local. Durante uma encenação de uma condenação de adultério, conhece Daniel, com quem troca poucas palavras. Em seu vôo de volta para casa, acontece do assento de Daniel ser ao lado de Margot. Os dois iniciam uma conversa bem humorada, com uma troca de olhares que demonstra interesse e curiosidade mútua entre o casal de estranhos, se tornando nítida a química entre eles.  Além do avião, tomam um táxi juntos para seus destinos finais, e Margot descobre que Daniel é seu vizinho. Ela então confessa que é casada, e sai. Margot sente um vazio em relação à sua vida, ou seria o desgaste de um relacionamento de anos? Um cansaço da rotina? Atraída por Daniel, ela então passa a vê-lo com frequência e tenta reprimir de todas as formas a paixão que sente por ele e o sofrimento que isso trará ao seu casamento, acabando mais uma vez entre um lugar e outro, sofrendo das incertezas que isso traz.

Celeste e Jesse para Sempre (2012)

Celeste e Jesse são melhores amigos e também um casal desde a escola, época em que se conheceram. Anos depois, se divorciam, mas o casal não rompera verdadeiramente o vínculo que possui, caindo constantemente em recaídas e pelo estranho fato de Jesse ainda morar no apartamento da ex. Celeste é um tanto controladora (e uma boa pessoa) mas não admite que ainda é apaixonada por Jessie, porém, à medida que conhecemos a história dos dois, fica claro o porquê não dão certo. Com muita química e bom humor, Celeste e Jesse possuem afinidade e uma amizade que vêm antes do amor, mas não conseguem se afastar e reconhecer os gatilhos que tornam seu relacionamento condenado. Ele sempre recorre a ela quando precisa, ela gosta de estar sempre ali para ele. O filme é muito bonito pela evolução desse casal problemático que escolhe apoiar e deixar o outro ir, quando entende que não dá mais certo.

Disponível na Netflix.

Loucamente Apaixonados (2011)

Com uma pegada mais triste e melancólica, “Loucamente Apaixonados” conta a história de uma britânica e um americano que se conhecem durante a faculdade. Jacob estuda design e pretende projetar móveis e Anna é uma aspirante a jornalista que veio aos Estados Unidos para fazer intercâmbio. Com a aproximação de Anna em relação a Jacob, os dois começam a se conhecer e a construir uma intensa relação, que se abala quando o visto de Anna vence e ela tem que voltar para Londres. A jovem toma a decisão de ficar, mesmo ilegal. Após tentar resolver a situação, ela é obrigada a voltar imediatamente para seu país, sendo proibida de voltar aos Estados Unidos. Como sustentar um relacionamento à distância e a falta de quem se ama? É o que Anna tenta lidar todos os dias. Com grande talento para a escrita, ela documenta em uma espécie de diário a solidão que sente e a vida que vai tomando outros rumos, longe de Jacob.

Disponível na Netflix.

Namorados Para Sempre (2010)

Sem querer falar mas já falando, acho que esse foi o mais brutal, que me deu o maior soco no estômago. Terminei literalmente sem acreditar no amor (mas depois passou, haha). O filme conta a história de Cindy e Dean, um casal que está junto há um bom tempo e que já não vive os anos de paixão fervorosa de todo início de relacionamento. Cindy trabalha duro para sustentar a casa e Dean ajuda com alguns bicos como pintor, sempre mudando com frequência de trabalho e dono de uma personalidade difícil, os dois são pais de Frankie, uma das poucas coisas que ainda segura o relacionamento. Cindy e Dean tem uma história bonita, mas foram atingidos por aquilo que é inevitável em qualquer relação: o desgaste do amor à medida que a convivência e a rotina passa a ser um problema. O filme alterna entre o presente e o passado do casal para contar sua história e a última tentativa de fazer dar certo.

Disponível na Netflix.

Eu Estava Justamente Pensando em Você (2015)

O mais diferente dos filmes apresentados aqui, “Eu Estava Justamente Pensando em Você) tem uma narrativa não-linear, ou seja, não é organizado de acordo com começo, meio e fim. O longa escolhe contar momentos do relacionamento de Dell e Kimberly, que se conhecem num evento organizado para assistir à passagem de um cometa. Desde a primeira vez que põe os olhos em Kimberly, Dell se interessa por ela e no mesmo instante admite o que iria acontecer “eu provavelmente vou me apaixonar por você”. Ambos muito céticos e começando a se envolver sem muita magia ou romantismo, acabariam juntos por seis anos. Nos momentos escolhidos para contar o relacionamento dos dois, que se desenvolve semelhante a passagem de um cometa, muitas coisas acontecem. Muitas outras também não dão certo. O filme traz isso com esses específicos momentos e com diálogos muito inteligentes.

Série do Mês: Lovesick

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Caninana é atração principal da Vaquejada Haras HotBel

De 19 a 22 de setembro Imperatriz recebe a segunda edição da Vaquejada Haras HotBel. Consi…