Descanso é sinônimo de produtividade

O mundo está passando por uma transição. Chegamos no ápice do capitalismo. Nesse sistema, produzir e ter lucros é o que torna uma pessoa digna de sucesso. Dormir pouco é sinônimo de produtividade. Não ter tempo para a família é tido como motivo de orgulho, pois ‘’trabalhar” é algo muito importante. A industrialização e a produção em massa está tornando a nossa Era uma vítima dos produtos sem qualidade, mas de alta lucratividade.

Qual a consequência disso para a saúde?

Estamos sem tempo para relaxar. Essa palavra, nos dias de hoje, vem atrelada ao sentimento de culpa. Fazer nada é coisa de gente que não tem futuro.

Aqui mora as doenças da mente 

O mundo está tão corrido que não conseguimos mais viver no presente, pois ele se tornou instantâneo. A doenças da atualidade são ansiedade e depressão – ou estamos atrelados ao futuro ou ao passado. O agora já passou ou vai chegar.

Também estamos sem qualidade alimentar. Os alimentos industrializados e a tecnologia nos deixaram sedentários e sem comida de verdade nos pratos.

Aqui mora as doenças do corpo

A medicina está no ápice da sua evolução técnica-científica, mas nunca se viu tantas patologias crônicas como diabetes, obesidade e pressão alta na história da humanidade.

Diante de tudo isso, é fácil chegar à conclusão de que não existe nada de errado com a tecnologia e a industrialização, mas não estamos completamente adaptados à essa nova Era. Estamos adoecendo por não sabermos nos adequar à essa realidade.

O mundo está dando um passo para trás, pois sempre que um sistema chega no seu ápice, ele colapsa. É isso que vejo nos hospitais: estamos em tempos de crise, pois o corpo humano não está dando conta do excesso de trabalho e da falta de qualidade alimentar que o mundo industrializado nos impõe. Não adianta aumentarmos a expectativa de vida da população, se a vida que levamos é doentia. É tempo de repensar e reconfigurar todo esse padrão. Descansar é sinônimo de inteligência emocional e pode até mesmo aumentar sua produtividade e criatividade – não se culpe por isso.

Uma alimentação saudável é a base para uma vida digna e sadia. Dormir é sinônimo de saúde física e emocional. Exercício físico é movimento: o nosso corpo foi feito para isso! Descansar é tão primordial quanto trabalhar. Repense. Equilibre-se. Somos seres humanos e trabalhamos para termos momentos de  tranquilidade com nossa família e amigos. O trabalho dignifica o homem quando praticado de forma harmônica, mas se ele rouba tudo que está ao seu redor, é hora de analisar a fundo sua situação familiar e trabalhista. Precisamos nos adaptar à este novo mundo – e com saúde tudo fica mais gostoso. Cuide-se.

Texto: Anny Mesquita, médica. Pós-graduanda em medicina antroposófica. @annymmesquita

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Entenda os mitos e verdades sobre a asma

Entenda os mitos e verdades sobre a asma Com milhões de pessoas no mundo atingidas pela do…