Série do mês: 5 motivos para ver Peaky Blinders

A série é inspirada em uma família britânica que apostava, roubava e contrabandeava produtos ilegais na Inglaterra, iniciando o surgimento das gangues no país

Peaky Blinders é uma série britânica exibida pelo canal BBC e em atividade desde 2013. A trama tem quatro temporadas atualmente, com seis episódios cada e duração de 55 minutos. A quinta está prevista para 2019.

1. Enredo Inteligente

Um dos vários pontos positivos nessa série é o roteiro inteligente. Baseada em fatos, conta a história de uma família britânica que apostava, roubava e contrabandeava produtos ilegais após a primeira guerra mundial, os Peaky Blinders.

Após voltar da guerra (1919), o veterano Thomas Shelby (interpretado pelo talentoso Cillian Murphy) retorna a Birmingham – Inglaterra para retomar seus negócios. Ele está decidido a formar um império e elevar a condição social da família, a qual se importa muito. Já no primeiro episódio, somos introduzidos ao seu jeito durão, charmoso e visionário.

Peaky Blinders te ganha logo pelo roteiro, que prende sua atenção e abriga episódios em que os eventos acontecem muito rápidos e possuem muitas reviravoltas. Thomas Shelby inicia sua saga para se tornar alguém importante junto com seus irmãos John e o impulsivo alcoólatra Arthur. Eles apanham, batem e sofrem perseguição do detetive Campbell, que foi colocado na cidade para acabar com as atividades dos Shelby. O que acabamos vendo na primeira temporada é uma perseguição meio gato e rato entre o detetive e a família. Mas os Shelby, principalmente Thomas, sempre têm planos e armadilhas para deixar o cara como idiota. Tommy é um personagem cruel, irônico, nunca dá uma risada e totalmente carregado, ou seja, ele dá uma presença forte e eletrizante a série.

2. Os Diálogos

Assim como o roteiro, os diálogos não poderiam ser diferentes. É claro que os atores têm presença e são talentosos mas cada frase dita por eles é totalmente bem pensada e natural. Você sente o ódio, a ironia e a força dos diálogos quando saem da boca dos personagens. Se tem uma coisa boa em Peaky Blinders, com certeza são os diálogos.

3. Mulheres fortes

Na primeira temporada vemos pouco dessas mulheres mas, à medida que as temporadas avançam, assistimos elas se imporem e colocarem seus desejos a frente desse mundo tão masculino em que vivem. A tia Pol, por exemplo, foi quem criou Tommy e seus irmãos e é o braço direito da família Shelby. Ela contabiliza a fortuna, os gastos e é a quem todos se dirigem (depois do próprio Thomas) quando não sabem o que fazer. É a única que tem poder sobre o temperamento difícil de Thomas e sempre apresenta saídas inteligentes e diálogos fortes. Nessa série, as mulheres também têm um cargo nos negócios da família e são livres para opinar quando quiserem. O que é importante, principalmente no momento em que estamos vivendo, não é mesmo?

4. Trilha sonora impecável

Photographer: Robert Viglasky

Não conhecia muito a trilha sonora mas quando passei a ver a série criei uma playlist com todas elas. O trabalho com a música é uma das coisas mais bonitas em Peaky Blinders e acompanha os personagens e situações sempre nos momentos certos. Tem a banda indie Arctic Monkeys e muito rock com David Bowie, The White Stripes, Radiohead, PJ Harvey, Nick Cave e Jack White. Inclusive, o próprio David Bowie se declarava fã da série, é mole?

5. Fotografia e Figurino

O trabalho com a fotografia é primoroso e acompanha muito bem as locações e o clima de cada cena. Mesmo pra quem, como eu, não entende muito, cada vez que os personagens aparecem na rua, por exemplo, pode-se captar o clima hostil e sujo da cidade industrial em que a trama se passa. Isso é muito importante porque ajuda ao expectador sentir o ambiente da cena em que ele assiste. Ponto pra direção de arte!

E por último e não menos importante, o figurino. Peaky Blinders tem centenas de razões para ser assistida mas o figurino dos personagens é algo que chama atenção – principalmente ao longo da série, a medida em que eles sobem de nível. Os personagens têm sua própria personalidade através das roupas e penteados que usam.

A fim de curiosidade, a série faz tanto sucesso no Reino Unido que os homens, principalmente, começaram a adotar o corte de cabelo usado por Thomas e seus irmãos na série.

Aos usuários da Netflix, o serviço de streaming comprou os direitos da série e todas as temporadas estão disponíveis na plataforma. Desejo a todos uma ótima experiência!

Texto: Yanna Duarte, acadêmica de Jornalismo – UFMA

Instagram: @yannnaduarte @maisqueomeucorpo

Confira a dica do mês passado:

Série do mês: How I Met Your Mother

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Caninana é atração principal da Vaquejada Haras HotBel

De 19 a 22 de setembro Imperatriz recebe a segunda edição da Vaquejada Haras HotBel. Consi…