Três Anúncios Para Um Crime – Um filme sem monotonia

 

Quando você toma a atitude de comprometer duas horas do seu dia para ver um filme, o que você espera?

Certamente espera que essas duas horas não sejam monótonas, mornas, arrastadas, perdidas, jogadas fora, subaproveitadas. O indicado a sete categorias no Oscar 2018, incluindo melhor filme, faz valer a sentada, deitada, a mira dos olhos na tela pelo o dobro de uma hora. O longa é violentamente genial.

Os três motivos para assistir:

1 – Veja! Seu filho da mãe!

Acompanhamos a saga de uma mãe, Mildred Hayes (Frances McDormand, que ganhou o Oscar de melhor atriz), que ver a investigação sobre o estupro e assassinato da filha ser esquecida pelas autoridades de uma pequena cidade. Como lembra-los? Ela aluga três outdoors para passar três mensagens que questionam a ineficácia da polícia. Faz publicidade do seu desejo de justiça. Qualquer mãe faria a mesma coisa, talvez não de uma forma tão perturbadoramente inteligente, mas faria.

2 – Você não consegue prever

As atitudes e os dramas de cada personagem desde os grandes aos pequenos, jovens e velhos, desequilibrados e equilibrados são imprevisíveis. Cada cena é um chute nas partes baixas (veja e vai entender essa parte) no seu senso de surpresa.

3 – Poderoso

A trama é completamente cheia de poder. Direção poderosa – cada cena é como jogar uma pessoa da janela e a mesma cair em um chão de sensações e sentimentos. Atores poderosos – cada respirar de atuação é horrivelmente perfeito e tocante.

É um filme humano que narra às sanidades e loucuras das pessoas.                                                                                             Texto: Tiago Nogueira, acadêmico de Comunicação Social – UFMA

 

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Caninana é atração principal da Vaquejada Haras HotBel

De 19 a 22 de setembro Imperatriz recebe a segunda edição da Vaquejada Haras HotBel. Consi…