CELULAR O MAL DO SÉCULO

Hábitos incorretos são responsáveis pela maioria de nossas doenças, se não por todas elas.Pensando nisso, o Imperatriz Online, preocupado com a saúde de seus queridos internautas, foi trocar umas ideias com a Dr. Ilma Cabral, pra entender um pouco mais sobre a relação COLUNA x CELULAR. Ilma Cabral INAVO – Instituto Avançado em Osteopatia

Posted by Imperatriz Online on Tuesday, October 24, 2017

Sabemos que o fator agravante para formação da hérnia de disco na coluna vertebral é a má postura. Sempre digo que MÁ POSTURA= PERIGO.

O que é?

A coluna vertebral é formada por 33 vértebras parte óssea e entre cada uma dessas vértebras, temos o disco intervertebral que é formado por um material cartilaginoso e que no seu interior contém um material mais mole, mais viscoso, chamaos isto de núcleo pulposo.  A hérnia discal ocorre quando o material (núcleo pulposo) localizado dentro do disco intervertebral (e que ajuda no “amortecimento” dos impactos que a região sofre), é projetado para fora do disco em função de uma ruptura no ânulo fibroso (parte externa do disco), causando a compressão de alguma raiz cervical. As raízes cervicais são responsáveis pela inervação dos membros superiores.

Quais as causas?

Não precisa ser por trauma direto ou por esforço excessivo do tipo erguer peso. Outros fatores como por exemplo envelhecimento que promove o desgaste natural do disco( e isto é fator natural com o chegar da idade) ou ainda por fatores genéticos. Com a idade o disco tende a desidratar, o que gera fragilidade em sua estrutura e aumenta os riscos de ruptura e, consequentemente, de herniação. Hoje em dia um dos agravantes que tenho encontrado está sendo movimentos repetitivos de flexão/torção da coluna cervical provocados pelo uso errado do celular. O movimento de flexão por muito tempo provoca uma pressão excessiva na parte anterior do disco podendo causar fissuras e com isso, fazendo com que núcleo escorregue para parte posterior  em direção ao canal medular

Existem sintomas?

Sim, e a dor é o pior deles, cuja intensidade depende do quadro clínico do paciente. Outros sintomas podem incluir: irradiação da dor para o braço ou a mão; formigamentos; alteração da sensibilidade; perda da força muscular.

O Que fazer?

A prevenção ainda é o melhor remédio.

Alongamentos no final do dia, evitar uso excessivo do celular na postura errada pode contribuir para diminuir e ou evitar os sintomas

Os exames para diagnóstico da hérnia de disco são as radiografias e a ressonância magnética. A maior parte dos casos de hérnia de disco é resolvida com o tratamento conservador, sem procedimentos agressivos.

 

Dra Ilma Cabral

Fisioterapeuta Osteopata

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Entenda os mitos e verdades sobre a asma

Entenda os mitos e verdades sobre a asma Com milhões de pessoas no mundo atingidas pela do…