O herpes zóster, popularmente conhecido como cobreiro, é uma doença de pele causada pelo mesmo vírus que causa a catapora, o vírus varicela zóster.

A doença se manifesta por lesões do tipo vesículas ou bolhas que seguem um trajeto como se fosse uma linha em qualquer lugar do corpo. As lesões provocam uma sensação de ardência muito intensa.

O vírus acomete os nervos da região em que se apresenta, por isso as lesões são bastante dolorosas e pode também haver sensação de queimação intensa. Essa dor pode permanecer mesmo após o desaparecimento das lesões, portanto é importante procurar atendimento médico desde o início do quadro. Quanto mais rápido o disgnóstico mais fácil tratar a doença.

O “cobreiro” é mais comum em idosos, pessoas com imunidade baixa (por uso de algumas medicações ou doenças como o câncer) e também em pessoas que estão passando por situação de estresse intenso. Existe vacina que pode ser utilizada em pessoas  acima de 50 anos, que reduz o risco de desenvolver a doença e de suas complicações.

Como em toda a doença, o recomendado é que se procure um médico de confiança, que conduzirá o tratamento passando os medicamentos adequados para combater as lesões e a dor.

A orientação é redobrada em casos de pacientes de mais idade, quando houver lesões grandes e dolorosas ou se elas aparecerem próximas à região dos olhos –diante do risco de danos permanentes na região.

Dra Caroline Barroso
CRM 9249 RQE2788
Dermatologista

Imperatriz - MA

Carregar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Entenda os mitos e verdades sobre a asma

Entenda os mitos e verdades sobre a asma Com milhões de pessoas no mundo atingidas pela do…